Colunistas
Alvorino Osvaldt - Controle Geral
Por Alvorino Osvaldt - Controle Geral
Advogado e Comunicador do Clic Camaquã

Porque a irritação?

Publicado: 05/07/2021 às 16:40 | Fonte: Alvorino Osvaldt

O Plano Diretor de Camaquã tem sido muito discutido nos últimos dias, porém muitos não sabem para que serve o plano em uma cidade como a nossa, por exemplo. O Plano Diretor tem como seu principal objetivo levantar questões sobre a distribuição equilibrada dos riscos e benefícios da urbanização desenfreada e a partir de um estudo conduzir um desenvolvimento personalizado mais inclusivo e sustentável. O seu objetivo não é travar o desenvolvimento do município, é permitir o crescimento ordenado, explorando suas potencialidades, minimizando suas deficiências e respeitando os condicionantes físicos, culturais e econômicos existentes. Ele assegura o bem estar geral, de modo a preservar o meio ambiente, promover qualidade de vida para a população e garantir desenvolvimento urbano para a cidade. Em Camaquã o Presidente do Conselho do Plano Diretor é o empresário Marco Pires, que recentemente esteve no Controle Geral queixando-se da demora em aprovar ou dar andamento ao projeto que deve atualizar o nosso. E com razão, já que este há muito tempo está sem qualquer andamento na Comissão de Participação Comunitária, Cidadania, Defesa do Consumidor para analisar as modificações que se pretende implantar. Agora, com a manifestação do Presidente, há uma movimentação no sentido de analisá-lo. Porém Marco parece não foi bem entendido em sua manifestação, e causou enorme irritação em alguns setores da câmara. Acredito que seja porque está com a razão, eis que não falou nada que pudesse ofender os edis, apenas defendeu sua posição como presidente da entidade que dirige. Pela importância da aprovação do projeto não deveria estar tanto tempo sem análise na comissão, eis que esta tem a obrigação de atender aos anseios da comunidade, pois o Plano Diretor auxilia o desenvolvimento de uma comunidade. Não entendo os “beicinhos” de alguns. Deveriam sim tomar uma atitude, estudando o documento para colocá-lo em votação. Aguardemos agora que se faça a obrigação ao invés de ficar discutindo a forma como Presidente da Comissão se manifestou. Aliás, com algumas exceções, em matéria de discussão esta turma é boa!!!

Prá você pensar:

“Apressa-te a viver bem e pensa que cada dia é, por si só, uma vida”.

(Sêneca)