Colunistas
Alvorino Osvaldt - Controle Geral
Por Alvorino Osvaldt - Controle Geral
Advogado e Comunicador do Clic Camaquã

O Lockdown!

Publicado: 16/03/2021 às 17:51 | Fonte: Alvorino Osvaldt

Até parece que a maioria daqui da cidade entendeu que havia a necessidade de permanecer isolado, saindo apenas para realizar o que fosse estritamente necessário. As ruas permaneceram quase vazias, sem o trânsito de veículos, quase nenhum pedestre, com raras exceções. Vimos que a pandemia atacou como nunca neste ano de mortes e doenças em profusão. Quantas famílias choram seus mortos. Quantos lares perderam seus amores, quanta angustia, quanta tristeza... O mundo está passando por tempos que a nossa geração ainda não conhecia. “A melhor forma de prevenir os desdobramentos do novo coronavírus é reduzir a velocidade da sua disseminação. Atualmente, cada pessoa com COVID-19 contagia em média 2,74 indivíduos”, explica a professora do Departamento de Medicina Social e do Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva da Ufes Maria Carmen Viana. Para que essa diminuição ocorra, diversos locais, incluindo órgãos públicos e universidades, suspenderam suas atividades ou parte delas. Alguns pensam em retornar as aulas, outros pensam em aguardar mais um pouco. O momento é de insegurança. Fechamentos de prédios e universidades, bloqueios de ruas e suspensões de atividades são parte do protocolo de emergência conhecido como Lockdown. A professora Maria Carmen Viana explica o conceito: Lockdown é um protocolo de emergência que se destina a prevenir a mobilidade de pessoas ou o vazamento de informações de uma área específica, que deve ser iniciado por alguma pessoa em condição de autoridade. Pode ser traduzido como fechamento, bloqueio ou suspensão e tem múltiplas interpretações e utilidades.  Éum plano de ação destinado à redução de riscos e deve ser customizado para abordar cenários específicos, visando à contenção de algum fator que possa causar agravamento ou perigo iminente de uma determinada condição, em um dado contexto. Um lockdown emergencial deve ser implementado quando há ameaça de risco iminente à vida, por lesão ou adoecimento de seres humanos. Assim, esses conceitos vêm sendo aplicados no mundo todo, para conter a disseminação da infecção pelo COVID-19, suspendendo atividades, fechando facilidades e serviços, e/ou bloqueando o livre trânsito de pessoas de regiões de risco. Alguns afirmam: Será que isso não terá mais fim! A ciência trabalha para que isso tenha fim sim. Vacinas foram criadas para que isso aconteça. A quantidade é que não está suficiente para toda a população, pois o tempo é curto e não está sendo possível vacinar todos no tempo necessário. Mas chegará a hora em que todos, ou a maioria estará vacinada e então tudo passará. Enquanto isso não acontece, cuidemo-nos!

Prá você pensar:

“A pandemia da "Covid-19", só vai levar as pessoas, que não optarem pela disciplina da prevenção.” (Sabino Fumela Chingunji)