Colunistas
Alvorino Osvaldt - Controle Geral
Por Alvorino Osvaldt - Controle Geral
Advogado e Comunicador do Clic Camaquã

Estiagem prejudica o interior

Publicado: 27/01/2021 às 09:46 | Fonte: Alvorino Osvaldt

Uma das principais secretarias municipais é a da Agricultura e Abastecimento, que neste momento é dirigida pelo Secretário Sergiomar Cardoso, recentemente nomeado pelo Prefeito Ivo. Apesar dos recursos escassos que a pasta possui, o Secretário acha que são suficientes, pois segundo Ele, “Os recursos são escassos para todos, mas suficientes para realizar os serviços necessários”. Sergiomar já inicia com muitas idéias e projetos para auxiliar os agricultores, principalmente os pequenos que são os que têm maiores dificuldades. O Secretário elogiou o grupo de funcionários que tem pleno conhecimento e domínio do serviço e que está aprendendo como dirigir o setor. A competência destes servidores o deixa completamente à vontade para realizar um bom trabalho. Questionado pelo Dr. Danilo Beltrami sobre a diversificação de culturas, se mostrou cético, dizendo que já foram tentados diversos modelos sem que se tivesse sucesso. Sergiomar tem muitas soluções para auxiliar o setor e começou com muita ação construindo açudes no interior para que os agricultores pudessem ter água para os animais e a plantação. Há dificuldades para a criação de poços artesianos, já que esses precisam ser autorizados pelo governo do Estado. As faltas de chuva secam as populares “cacimbas” e isso prejudica as pessoas, pois ficam sem o precioso líquido para cozinhar e consumo humano. Assim, com o auxílio da CORSAN, tem realizado a entrega de água potável as famílias do interior que ficaram desabastecidos. São ao redor de quarenta famílias que se encontram em dificuldade, estes a prefeitura está atendendo. É um trabalho que cessa assim que a estiagem terminar. A Secretaria em parceria com o Sebrae, Emater, Sicredi e Afubra e os Viticultores de Camaquã realiza dias 29 e 30 de janeiro, das 10 as 18 horas, na Praça Donário Lopes a 2ª MOSTRA DA VITICULTURA de Camaquã. O evento visa degustar o puro sabor da uva, realiza exposição de diversas qualidades de uvas produzidas em Camaquã, além de sucos, vinhos e outros produtos derivados. A região possui cerca de 10 produtores de uva, das espécies bordô, Niágara branca e Niágara rosa. Haverá a comercialização de sucos, vinhos, geleias e cucas. A área cultivada chega a 5,3 hectares e o Governo Municipal quer incentivar os produtores a fim de fomentar o comércio do produto derivado da uva. É necessário que a população participe desta iniciativa para incentivar os produtores da região.

Prá você pensar:

“Se todos soubessem o valor e a importância que tem a água para a nossa vida, não a desperdiçariam tanto.” (Bruno Olhares)