Colunistas

Anular é burrice!

12/06/2018 - 18h:57min
Alvorino Osvaldt - Controle Geral

A inconformidade dos eleitores com a classe política é enorme. Além das eleições estarem batendo a nossa porta, a oferta de candidatos não satisfaz aos que querem mais e melhores alternativas em quem depositar sua confiança no sentido de dar o seu aval para governar os destinos do país. Assim, vemos diariamente pelas redes sociais e pela nossa imprensa o desejo de votar em branco ou mesmo anular o voto, pensando que com estas alternativas possam anular o pleito. Ora, esta alternativa além de equivocada, não anulará a eleição, como bem prevê a nossa legislação. Ela apenas facilitará a condução dos indesejáveis aos cargos, pois os votos que abocanharem serão válidos e consequentemente ocuparão as cadeiras. Acontecerá o que já ocorreu na Venezuela, onde o Governo impopular foi reconduzido ao poder exatamente porque a população eximiu-se de expressar a sua opinião. Deixar em branco ou anular, sem dúvida, é a pior escolha!

Semana Integrare

O COMADECAM transferiu para o próximo dia 26 de junho, dia Municipal e Mundial de combate às drogas a sua conferência sobre drogas de Camaquã, cujo tema este ano será: Comunidades Terapêuticas como método de tratamento para casos complexos e resistentes. Palestrante Dr. Nino March, especialista no assunto. O evento acontecerá no Cine Teatro Coliseu, às 19:00 hs. Participe!

Sorte de Temer!

Os institutos de pesquisa nos dizem que de cada dez brasileiros, oito não apoiam o governo. Talvez este seja o recorde de impopularidade de um governante aqui no Brasil. Vários fatores levam a este índice, mas talvez o que mais se evidencie é a falta de credibilidade em razão da corrupção. A sorte do governante é que a Copa do Mundo está aí para tirar a atenção dos eleitores, e a razão mais significante para que não haja manifestações mais contundentes talvez seja a realização das eleições logo em seguida. Não fosse isso o Presidente não chegaria ao final do mandato, pois a insatisfação é geral. O país e o próximo governo sofrerão as consequências e a conta já está sendo paga por nós!

deixe seu comentário