Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • 970×90 (3)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Banner-Camaqua_CC 970×90
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • clarão—970×90

Professora é denunciada por agredir menino de cinco anos, portador do espectro autista

Segundo o MP/RS, professora expôs a perigo a saúde do seu aluno, pessoa com deficiência, diagnosticado com Transtorno do Espectro Autista (TEA)


Por Redação Clic Camaquã Publicado 26/11/2022
Ouvir: 00:00
Professora é denunciada por agredir menino de cinco anos, portador do espectro autista
Professora é denunciada por agredir menino de cinco anos, portador do espectro autista

O Ministério Público do Rio Grande do Sul ofereceu, nesta terça-feira, dia 22 de novembro, denúncia contra a professora que agrediu um menino de cinco anos em escola particular da Capital. O fato ocorreu em agosto deste ano.

Segundo a denúncia, a professora, na ocasião, expôs a perigo a saúde do seu aluno, pessoa com deficiência, diagnosticado com Transtorno do Espectro Autista (TEA), abusando dos meios correção e disciplina.

A denúncia também aponta o cometimento do crime de prática e incitação à discriminação de pessoa em razão de sua deficiência, no caso, criança que se encontrava sob sua responsabilidade e cuidado no horário escolar.

Além disso, o MPRS vem adotando providências para assegurar o respeito aos direitos da vítima e de sua família no processo penal, bem como vem tratando da situação envolvendo a inclusão da criança em escola que atenda as suas necessidades e da família, bem como avaliando a situação da instituição de ensino em que os fatos ocorreram.

A denúncia oferecida pelo Ministério Público foi recebida pela Justiça no dia 23 de novembro.


Leia mais:

MPRS recebe grupo de mães e pais de crianças e adolescentes com TEA
Mãe de menino com TEA vítima de agressão em escola da Capital recebe informações sobre processo criminal


  • Banner-Camaqua_CC 970×90
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • clarão—970×90
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • 970×90 (3)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111