Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • _26345 banner topo 970×90 px (PNG)
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • banner felice 2
  • globalway (1)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19

Associação alerta para o atual estado de conservação do Sítio Água Grande

Antiga morada de Barbosa Lessa e local da cascata que leva seu nome está em situação precária, segundo nota


Por Pablo Bierhals Publicado 23/04/2024
 Tempo de leitura estimado: 00:00
imagem 1280×720 – 2024-04-23T161754.674
Foto: Divulgação. Registro de novembro de 2023.

A Associação Amigos da Água Grande emitiu uma nota alertando para o atual estado de conservação do Sítio Água Grande, antiga morada do escritor e pesquisador Barbosa Lessa, onde fica a cascata que leva seu nome. A propriedade, atualmente da Prefeitura de Camaquã, foi último refúgio do casal Nilza e Barbosa Lessa.

De acordo com a nota emitida, o convênio da associação com a administração municipal foi encerrado há cerca de quatro anos, quando a responsabilidade pela conservação do sítio passou a ser de responsabilidade da Prefeitura de Camaquã. Ainda assim, em nota, é explicado que uma emenda impositiva no valor de R$ 10 mil foi recebida pela associação e parte foi repassada para o sítio , onde o valor foi utilizado para aquisição de câmeras de videomonitoramento.

A outra parte foi utilizada para gravação de um clipe musical que pode ser assistido ao final da matéria.

Em nota, é destacado que a associação informou diversas vezes a real situação do espaço ao prefeito e ao secretário Clayton Dworzecki, na época representante da pasta da Cultura.

Em janeiro de 2021, em outra nota divulgada, a associação esclareceu o fim do termo de parceria com a prefeitura, ocorrido no dia 30 de abril de 2020. Naquela ocasião a associação informa ter enviado um ofício com sugestões para que o Sítio Água Grande fosse preservado.

Atualmente, o acervo de livros de Barbosa Lessa foi recolhido, embalado e está depositado em uma sala do Forte Zeca Netto. A Associação Amigos da Água Grande, responsável por preservar a memória de Barbosa Lessa, atualmente está localizada no Verdes Campos Lazer & Eventos. No local, a direção da empresa cedeu uma área para a instalação do futuro Memorial Barbosa Lessa, com objetivo de preservar a história.

O local foi credenciado pelo Governo do Estado como Ponto de Cultura da Associação Amigos da Água Grande.

Em entrevista ao Controle Geral do último sábado (20), o novo secretário do Desenvolvimento, Inovação, Cultura e Turismo, Varlei Magalhães, disse estar consciente dos problemas e já trabalha em soluções, iniciando por um projeto de restauração do Forte Zeca Netto, recente alvo de críticas de defensores da cultura local.

Leia a nota de abril de 2024 completa:

Na condição de presidente da Associação Amigos da Água Grande, ESCLAREÇO que há cerca de quatro anos encerrou-se o convênio de parceria entre a Prefeitura e a Associação Amigos da Água Grande. Mesmo assim, a pedido do ex-secretário do Desenvolvimento, Inovação, Cultura e Turismo, Clayton Dworzecki, destinei sete mil reais de uma emenda impositiva que recebemos, e realizamos a compra de câmeras de videomonitoramento para dar melhor segurança ao sítio.
Através da Associação informamos a real situação do espaço ao prefeito e ao secretário Clayton inúmeras vezes. A vice-presidente da AAAG, Solange de Souza, quando foi presidente do Conselho Municipal da Cultura, também encaminhou esta demanda, mas o secretário foi omisso o tempo todo. Informei vários profissionais da comunicação para que fizessem uma reportagem sobre o descaso.
O que estava ao alcance da ASSOCIAÇÃO foi feito, embora não tivéssemos mais nenhum vínculo com o sítio que pertence à Prefeitura. Inclusive com nosso apoio e a interferência pontual da ex-diretora de Turismo Ana Beatriz Corleta Castro, o acervo foi recolhido para não ser destruído e furtado, e encontra-se embalado e guardado no Forte Zeca Netto, que também está em situação precária. Esta é a REALIDADE do Patrimônio Cultural em Camaquã!

Camaquã, Abril de 2024

Catullo Fernandes
Presidente

Assista o clipe musical Hino Tradicionalista de Barbosa Lessa:

Texto: Pablo Bierhals


  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • banner felice 2
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • _26345 banner topo 970×90 px (PNG)