Variedades

Morador do interior de Camaquã pedala 2h por dia para trabalhar com capina

Adão Escarcel tem 70 anos e há mais de 50 anos, trabalha capinando pátios em Camaquã; assista
Por: Elias Bielaski | Publicado: 03/05/2021 às 17:14 | Alterado: 10/05/2021 às 22:25
Foto: YouTube - Clic Camaquã / Reprodução
Foto: YouTube - Clic Camaquã / Reprodução

O senhor Adão Escarcel, de 70 anos de idade, trabalha com a limpeza de pátios e deu uma aula de sabedoria e gratidão durante uma entrevista ao repórter Igor Garcia. Apesar da idade, o senhor tem pique e muita vontade para trabalhar.

Adão desempenha a função há mais de 50 anos e conta que não utilizar máquina de cortar grama, apenas a sua companheira de todas as manhãs: a enxada. Para a reportagem, Adão contou que pedala 2h por dia para desempenhar sua função.

ClicRádio e Afubra sorteiam dois smartphones.

Ele lembrou como foi sua infância e adolescência, comentando sobre o uso de lampião e a busca de água em poços. Também falou sobre as oportunidades que os jovens têm hoje em dia e como não aproveitam as atuais facilidades. 

“Eles não querem trabalhar e andam se matando nas drogas”, lamentou. Além disso, Adão sugeriu aos jovens buscarem suporte espiritual e trabalharem. “Eu aconselho os jovens que deixem este caminho, sirvam a Deus e campeiem um serviço para trabalhar”, comentou. 

Ele mora na Vila na Aurora e vem para a cidade de bicicleta, carregando a enxada e o ancinho. “Eu subo todas aquelas lombas da Santa Marta”, comentou. “Eu ando de casa em casa procurando”, explicou como consegue os serviços. Em média, ele recebe R$100 por dia de trabalho. 

Orgulhoso, Adão comentou que conhece muita gente e faz amizades por onde passa. “Meu dia a dia é muito bom, é uma maravilha”, afirmou. O senhor finalizou a entrevista dando uma verdadeira aula de gratidão. “A coisa mais boa é trabalhar”, concluiu. 

Receba as notícias do Clic no seu WhatsApp.

Confira a entrevista completa: