Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • clarão—970×90
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • 970×90 (3)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90
  • globalway (1)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335

Hospital de Camaquã inaugura unidade de atendimento para suspeitas de Covid-19

Espaço está localizado ao lado do Pronto Socorro e atenderá pacientes que apresentem sintomas de doença respiratória


Por Redação Clic Camaquã Publicado 09/04/2020
Ouvir: 00:00

Durante a manhã desta quinta-feira (9), o Hospital Nossa Senhora Aparecida, de Camaquã, anunciou o início dos atendimentos da nova unidade voltada a combater o Coronavírus. Localizada ao lado do Pronto Socorro do HNSA, a unidade funcionará como um centro de triagem para atender pacientes que apresentem sintomas respiratórios iguais ou semelhantes aos do Covid-19.

Este é o segundo ambulatório a ser montado na cidade com a mesma finalidade. O primeiro foi montado junto à Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no bairro Viégas. O objetivo de ambos é o mesmo: tratar de forma isolada dos pacientes com suspeita, evitando com que os mesmos tenham contato com os demais pacientes atendidos nas unidades de saúde de Camaquã.

Além disso, a administração do hospital ainda relatou a existência de outros três espaços para o combate à doença. Com a ajuda da Afubra e de verbas próprias, o HNSA mantém duas estruturas no interior do prédio e outra na parte exterior. 

Na manhã desta quinta-feira (9), o prefeito de Camaquã, Ivo de Lima Ferreira, participou do programa Bom Dia Camaquã, apresentado pelo jornalista Eduardo Costa. Ele comentou sobre a crescente preocupação do grande fluxo de pessoas no centro da cidade e trouxe novidades sobre o primeiro ambulatório da cidade específico para combate ao Coronavírus.

Além destas estruturas, Camaquã recebeu parte da verba e já iniciou as tratativas para montagem de um “Hospital de Campanha”, também específico para o combate à doença.

Acompanhe a partir dos 23 minutos de transmissão:

Ivo informou que devido aos números positivos que Camaquã contabiliza, em relação às suspeitas do coronavírus, os moradores estão se sentindo confortáveis para estarem circulando nas ruas. Ele divulgou os números atuais. Confira:

    • 28 coletas 
    • 25 resultados negativos
    • 3 em análise 
    • 0 casos confirmados
    • 15 monitorados

O prefeito comentou que a estimativa técnica de casos para o município de Camaquã é de 2 mil pessoas infectadas. Ele alertou para os riscos que esse número pode exigir do município, “quando chegar a 2 mil infectados, vamos precisar de 200 leitos na UTI”, comentou. Ele relatou que a cidade tem se organizado para lidar com os casos do novo vírus, mas que a população também deve se conscientizar e colaborar com as medidas. “A gente teme o colapso na saúde”, informou. “Se isso acontecer, vai chegar a hora da escolha. Temos cinco e tem dez para escolher”, relatou. “Vai ser escolhido aquele é mais útil para a sociedade”, explicou. “Precisamos cuidar para não chegar a esse ponto”, apelou.

O prefeito solicitou que as pessoas colaborem e que entendam os riscos de estarem circulando nas ruas. Segundo ele, a prefeitura está fazendo o possível para cuidar dos moradores, realizando diversas ações para estarem preparados e proteger a comunidade.

 

Detalhes sobre o ambulatório

Na noite do dia 25 de março, a população camaquense recebeu uma boa notícia: está concluída a montagem de um ambulatório provisório em combate ao Coronavírus. O ambulatório foi detalhado durante coletiva de imprensa realizada no Gabinete do Prefeito na quarta-feira, 25 de março. 

O serviço por completo ainda não tem um custo total estimado. A estrutura em si terá o custo de R$70 mil e ficará no local por pelo menos três meses. Assista:

 

“Em meio a discussões, polêmicas, a Secretaria de Saúde de Camaquã coloca sempre a população em primeiro lugar. Estamos montando nesta terça feira um ambulatório direcionado aos pacientes sintomáticos que podem ser portadores do Coronavirus. Está medida do governo Ivo Lima Ferreira proporciona que estes pacientes tenham uma atenção especial. Neste momento a prioridade é salvar vidas. QUEM GANHA É A COMUNIDADE.”, disse Luciano através de seu perfil pessoal.

Durante a coletiva, o secretário da saúde e o Prefeito Ivo de Lima Ferreira destacaram a importância desta estrutura, que tem como objetivo impedir o contato dos casos suspeitos de Coronavírus com demais pacientes, evitando possível contágio. Além deste ambulatório, outra estrutura semelhante foi montada junto ao Pronto Socorro do Hospital Nossa Senhora Aparecida.


  • globalway (1)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • clarão—970×90
  • 970×90 (3)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)