Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • cq-01
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • WhatsApp Image 2024-04-02 at 17.18.51
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • globalway (1)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494

RS registra o menor número de homicídios dos últimos 13 anos

Dados da Secretaria de Segurança Pública também indicam queda no número de feminicídios, latrocínios e outros crimes no período


Por Pablo Bierhals Publicado 11/08/2023
 Tempo de leitura estimado: 00:00
Foto: Polícia Civil/Secretaria de Segurança Pública

Dados da Secretaria de Segurança Pública indicam menor número de homicídios em 13 anos no Rio Grande do Sul. Foram 95 casos em julho, o que representa uma queda de 25,2% na comparação com o mesmo mês no ano passado. Número de feminicídios, latrocínios e outros crimes também apresentaram queda no mesmo período.

Conforme o Governo Estadual, a queda se deve aos esforços integrados no combate aos crimes contra a vida. Já os roubos de veículos tiveram queda de 19%: foram 258 em julho deste ano e 320 no mesmo mês de 2022. É também o menor número para qualquer mês da série histórica desde 2010. Houve ainda queda de 26,3% e 66,7% em abigeatos e ocorrências bancárias, respectivamente, e alta de 36 para 57 (58%) em roubos a transporte coletivo.

Homicídios em Porto Alegre

De acordo com um levantamento, de cada 10 homicídios registrados em Porto Alegre no primeiro semestre de 2023, oito foram decorrentes do crime organizado. Ainda segundo a pesquisa, as outras duas seriam por motivações pessoais, em conflitos cotidianos.

O Departamento de Homicídios da Capital é responsável pelo estudo e mapeamento das mortes.

Dados de Camaquã e região

Em entrevista para o programa Bom Dia Camaquã, da Clic Rádio, o Delegado Vladimir Urach trouxe dados de homicídios na região. De acordo com informações do delegado, foram registradas 7 mortes por assassinato no primeiro semestre deste ano. No ano passado foram 25 mortes por assassinato no mesmo período.

Conforme relatado pelo delegado, o homicídio é um dos índices considerados ao medir a criminalidade de uma região. Ele destaca o narcotráfico como maior responsável pelas mortes, seguindo a mesma linha da pesquisa realizada em Porto Alegre. De acordo com Urach, os crimes estão sendo esclarecidos com agilidade por parte da Polícia Civil.

Assista a entrevista completa:

Texto: Pablo Bierhals

Fonte: Secretaria de Segurança Pública


  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • WhatsApp Image 2024-04-02 at 17.18.51
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • globalway (1)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • cq-01
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)