Política

Prefeitura de Amaral Ferrador divulga nota de esclarecimento

A nota apresenta os esclarecimento, referente a divulgações veiculadas nas redes sociais no dia de ontem, acusando o prefeito Nataniel de estar perseguindo alguns comerciantes no município
Por: Celiomar Garcia | Publicado: 09/09/2021 às 18:21 | Alterado: 16/09/2021 às 18:15
Foto: Facebook/Reprodução
Foto: Facebook/Reprodução

Nesta quinta-feira (09), a Prefeitura Municipal de Amaral Ferrador divulgou em seu site oficial, uma nota de esclarecimento, referente a divulgações veiculadas nas redes sociais no dia de ontem, acusando o prefeito Nataniel Satiro do Val Cândia de estar perseguindo alguns comerciantes no município. Confira a nota na íntegra.

Nota publicada

Neste último dia 08 de setembro de 2021, fora veiculado nas redes sociais, a afirmativa de que o prefeito Nataniel estaria perseguindo alguns comerciantes do município, tendo em vista o fator político, o que não é verdade. Na ocasião, as narrativas afirmam aquilo que não condiz com a verdade, seja a narrativa de perseguição e até mesmo que o intuito da administração municipal seria o de “lacrar” os respectivos ambientes.

É um dever da administração municipal, vim a público através de meio oficial, elucidar os fatos, uma vez que foram publicitadas falácias no âmbito tanto pessoal quanto institucional. A nota não se trata de ameaça e nem possui tom intimidatório, mas sim tem a finalidade de esclarecer a população e os veículos de comunicação, a verdadeira face da história. A lei é para todos e deve ser cumprida, ninguém está acima dela, e cabe ao município fiscalizar o que estiver em sua competência e solicitar de órgãos responsáveis suas atribuições, no caso o corpo de bombeiros, visto que os locais recebem grande número de pessoas.

Naquele momento os respectivos estabelecimentos, possuíam comprovadas por vistorias do corpo de bombeiros, irregularidades, conforme notificação de infração, recebido pelo poder público do município de Amaral Ferrador.

A Administração Pública Municipal, representada pelo Prefeito Municipal, repudia qualquer ato contrário à verdade dos fatos, reiterando estar ao lado do comércio local, tendo em vista que sempre concentrou todos os esforços, a fim de manter fomentada a economia local. Os exemplos são evidentes: a volta dos grandes eventos públicos, um exemplo explícito é o “Carnaval na Praça”, os campeonatos de futebol, a temporada de verão, a semana do município, semana farroupilha entre outros.

Outra questão, se dá pelo investimento na infraestrutura da cidade, como a revitalização da Praça 4 de Maio, a construção do Ponto de Encontro, a manutenção frequente da limpeza urbana, pintura nos espaços públicos, tudo contribui de certa forma com o comércio local. Outro Fator determinante é o turno integral do funcionamento da prefeitura, mantendo a população o dia todo na cidade, o consumo naturalmente será maior.

Em momento algum fora cogitado, seja pelo prefeito municipal ou por qualquer outro agente público, a perseguição a qualquer estabelecimento comercial dentro do município. O município de Amaral Ferrador, através de seus representantes, sempre com muito zelo pela segurança da população, o cuidado com a vida e a responsabilidade social, que é de todo dever do poder público, seja da esfera municipal, estadual ou federal, tem o dever de cobrar que esteja tudo dentro das normas e que todos respeitem a lei, pois ninguém está acima dela.

Contudo, é importante frisarmos, que estamos em meio a uma pandemia, com uma série de normas e restrições estabelecidas pelo momento, decisões essas tomadas sempre em conjunto, e na maioria das situações vindas de instâncias superiores. Assim como o município cobra a legalidade e o cumprimento das medidas estabelecidas, ele também é cobrado que a lei seja cumprida, pois se trata de saúde pública, de vidas, e ela deve vir sempre em primeiro lugar. Respeitar as medidas sanitárias e de prevenção ao contágio da covid-19 é uma obrigação de todos, e não somente dos estabelecimentos comerciais.

A responsabilidade, o cuidado e o tratamento das pessoas infectadas, é toda do poder público, desde a primeira consulta até uma possível transferência necessitando de uma UTI móvel com equipe médica, é o município que arca. Outro fator, e o município é solidário e se sensibiliza, com todas aquelas famílias enlutadas que perderam seus entes queridos para a covid-19, bem como toda a equipe da secretaria de saúde, que de forma exausta se mantém firme na linha de frente por nós.

Em 27 de janeiro de 2013, um incêndio baseado na imprudência e nas más condições de segurança de um empreendimento levou 245 pessoas a morte e outras 680 feridas, cuja responsabilidade ainda se encontra sob exame do Judiciário Gaúcho, envolvendo desde os proprietários, a Banda e o Prefeito Municipal da cidade de Santa Maria.

Baseado nisso e diante da preocupação da Administração Pública Municipal, especialmente pelo frequente descumprimento das regras sanitárias e dos Decretos que regulamentam as ações do Município, encaminhamos ao Corpo de Bombeiros expediente requerendo a vistoria daqueles órgãos, em relação às questões de incêndio e capacidade estrutural, já que de sua competência, expediente esse que não guardou qualquer sigilo e do qual resultou, no momento, na cassação dos respectivos alvarás, que podem ser novamente obtidos após sanadas as irregularidades detectadas, quais sejam.

Feito isso, estamos a inteira disposição para quaisquer esclarecimentos sempre que houver dúvidas referentes as ações da administração pública municipal. Não compactuamos com nenhum tipo de ofensa, calúnia e inverdades a nenhum servidor público municipal que venha a prejudicar sua reputação, indiferentemente de sua posição ou hierarquia. 

Prefeitura Municipal de Amaral Ferrador

deixe seu comentário