Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • 2024 BANNER TOPO CAPA DE SITE DIA DE CAMPO DESKTOP
  • cq-01
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • WhatsApp Image 2024-02-01 at 16.56.45
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111

Ana Amélia Lemos prepara ação para anular convenção do PP

Senadora, pré-candidata ao governo do RS, é contrária ao apoio do seu partido à reeleição da presidente


Por Redação/Clic Camaquã Publicado 26/06/2014
 Tempo de leitura estimado: 00:00

Inconformada com o resultado da convenção nacional do PP, a senadora Ana Amélia, pré-candidata ao governo do
Rio Grande do Sul, anunciou na tarde desta quarta-feira que vai entrar com um recurso no Tribunal Superior Eleitoral
(TSE) para anular a deliberação do partido. Em votação rápida nesta manhã, foi delegado à Executiva Nacional o direito de deliberar sobre a aliança para a sucessão presidencial. Minutos depois, o presidente nacional do PP, senador Ciro Nogueira (PI), informou que o colegiado havia confirmado o apoio à reeleição da presidente Dilma Rousseff.

Para a senadora, a convenção apontava uma tendência majoritária favorável a uma resolução pela neutralidade do PP. Ana Amélia era uma das líderes do grupo de dissidentes que pedia que a sigla continuasse neutra na sucessão presidencial, como aconteceu nas últimas três eleições. “Estou extremamente desolada com o que aconteceu”, afirmou.

Ana Amélia observou que, durante o evento, dois livros foram disponibilizados para a votação: um para os convencionais e
outro para os membros da Executiva. A senadora conta que muitos membros da Executiva, que não participaram na sequência da reunião à portas fechadas com Nogueira, acabaram assinando o livro de presença na reunião da Executiva sem se dar conta. “É tudo muito bem urdido”, reclamou.

A candidata ao governo gaúcho diz que a resolução permitindo que os diretórios regionais façam alianças independentemente da orientação nacional e com outros candidatos à Presidência da República é “para inglês ver”. “Isso não tem eficácia, é ilegal. Eu não poderei colocar na minha propaganda o meu candidato, que é o Aécio Neves. Qual é a coerência e o objetivo de fazer essa deliberação simbólica? Não tem efeito legal”, apontou.

A ação judicial questionando a legitimidade do resultado da convenção está sendo elaborada pela assessoria jurídica da
senadora. Os advogados também já pediram a transcrição da gravação do evento.

Em nota divulgada nesta tarde, o PP diz que só os diretórios de Minas Gerais e Rio Grande do Sul eram contrários à aliança nacional com o PT. Nas contas dos dissidentes, no entanto, pelo menos sete diretórios (Santa Catarina, Amazonas, Ceará, Goiás, Rio de Janeiro, além de Minas e Rio Grande do Sul) eram favoráveis à neutralidade do partido.”A forma como a imposição foi tentada sobre os convencionais é preocupante. O que está atrás disso?”, questionou a senadora.


  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • cq-01
  • 2024 BANNER TOPO CAPA DE SITE DIA DE CAMPO DESKTOP
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • WhatsApp Image 2024-02-01 at 16.56.45
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • globalway (1)
Eleições 2014

Cadastramento eleitoral começa nesta terça


Eleitores podem procurar o Cartório Eleitoral para regularizar a a sua situação


Eleitores podem procurar o Cartório Eleitoral para regularizar a a sua situação

Eleições 2014

Campanhas eleitorais se iniciam tímidas na internet


Apenas dois dos oito candidatos ao Palácio Piratini lançaram sites


Apenas dois dos oito candidatos ao Palácio Piratini lançaram sites

Eleições 2014

Quadro eleitoral no RS está completo


Disputa ao Piratini deve ter oito candidatos


Disputa ao Piratini deve ter oito candidatos