Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • clarão—970×90
  • 970×90 (3)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90

URGENTE: Polícia prende acusado de estuprar crianças em Camaquã

Homem de 41 anos é acusado de estupro de vulnerável contra crianças de 8 e 10 anos em Camaquã; ele foi preso no interior do município


Por Redação Clic Camaquã Publicado 02/12/2022
Ouvir: 00:00
Dois homens são mortos a tiros no Litoral Norte 
Dois homens são mortos a tiros no Litoral Norte 

Na manhã desta sexta-feira, 2 de dezembro, a Polícia Civil efetuou a prisão preventiva de um homem, de 41 anos, acusado de duas ocorrências de estupro de vulnerável. A prisão foi realizada por meio da Delegacia de Polícia de Camaquã.

O homem é acusado de ter abordado duas crianças, estas de 8 e 10 anos de idade, em via pública, uma delas próximo a uma escola no bairro Olaria e a outra nas imediações do bairro Vila Nova na cidade de Camaquã.

Em uma das oportunidades, uma das vítimas estava acompanhada de sua mãe, o que não inibiu a ação do suspeito.

A prisão ocorreu na localidade da estrada do Banhado do Colégio.

O acusado responderá pelo crime de estupro de vulnerável – Artigo 217- A do Código Penal: “Ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 (catorze) anos, cuja pena é de reclusão, de 8 (oito) a 15 (quinze) anos”.

Os casos geraram grande clamor social na cidade de Camaquã, e muita preocupação das famílias que temiam por seus filhos. Desde a ocorrência do primeiro caso, a Polícia Civil não mediu esforços e trabalhou incessantemente na elucidação dos fatos.

O acusado não teve seu nome divulgado em virtude da Lei de Abuso de Autoridade (Lei nº 13.869). A lei foi sancionada em 2019 e é válida desde janeiro de 2020, impedindo a divulgação de detalhes antes do trânsito em julgado em todas as instâncias da Justiça.

Polícia Civil informou que disponibiliza o telefone 197 e o WhatsApp (51) 98416-8027 para qualquer tipo de denúncia, garantindo a total preservação da identificação do denunciante.


  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • globalway (1)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • 970×90 (3)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Banner-Camaqua_CC 970×90
  • clarão—970×90
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)