Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • UNIFIQUE CMQ – Banner 970x90px
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • WhatsApp Image 2024-04-02 at 17.18.51
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • cq-01
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)

Suspeitos de comandar tráfico de drogas de dentro de penitenciária são alvos de operação da Polícia Civil

A Operação Carcere Ratio investiga três apenados ligados a uma facção criminosa, que estariam comandando o tráfico de entorpecentes de dentro da Penitenciária Estadual de Porto Alegre


Por Redação/Clic Camaquã Publicado 28/07/2023
 Tempo de leitura estimado: 00:00
Foto: PCRS

A Polícia Civil, por meio da 4ª Delegacia de Investigações do Narcotráfico (4ª DIN) do Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (Denarc), desencadeou, nesta sexta-feira (28), a Operação Carcere Ratio, que investiga três apenados, ligados a uma facção criminosa, que estariam comandando o tráfico de entorpecentes de dentro da Penitenciária Estadual de Porto Alegre (PEPOA). Foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão nas cidades de Porto Alegre, Cachoeirinha e na PEPOA.

Na penitenciária, a ação apreendeu oito aparelhos celulares, um roteador de internet móvel, R$ 10.450 em cédulas fracionadas, 56 buchas de substância com o peso de 25 gramas. Já na residência de um dos alvos, foi apreendido o valor de R$ 30 mil em cédulas fracionadas, três aparelhos celulares e uma caminhonete Toro. No cumprimento de outra cautelar, foi apreendido R$ 1,5 mil em cédulas fracionadas, um documento falso com a fotografia do investigado e um aparelho celular. Os valores recolhidos serão depositados em conta judicial do Poder Judiciário para fins de investigação.

Segundo a Delegada Ana Flávia Leite, titular da 4ª DIN, os três suspeitos estavam presos na mesma cela da penitenciária. Ainda foi constatado pela equipe investigativa que as visitantes dos apenados estavam auxiliando no tráfico de entorpecentes, inclusive com recolhimento de dinheiro e armazenamento as drogas em suas residências.

A investigação prossegue para identificar e responsabilizar criminalmente os demais membros do grupo criminoso. As informações são da assessoria da Polícia Civil RS.


  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • WhatsApp Image 2024-04-02 at 17.18.51
  • globalway (1)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • cq-01
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • UNIFIQUE CMQ – Banner 970x90px