Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • globalway (1)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • 2024 BANNER TOPO CAPA DE SITE DIA DE CAMPO DESKTOP
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (2)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • cq-01
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664

Ré é condenada a mais de 6 anos por esfaquear e matar mulher em Lajeado

O crime ocorreu em 24 de julho de 2021, no qual a ré matou a vítima com golpes de faca pelas costas por ciúmes de um homem que teria envolvimento com ela e com a vítima


Por Kathrein Silva Publicado 20/12/2023
 Tempo de leitura estimado: 00:00
justiça clic justiça clic justiça clic justiça clic justiça clic justiça clic justiça clic justiça clic
Justiça/Clic Camaquã

Na última terça-feira (19), o Ministério Público do Rio Grande do Sul, condenou uma mulher a 6 anos e 10 meses de prisão, por um crime que ocorreu em 2021, em Lajeado. Os jurados acolheram a tese do ministério feita pelo promotor de Justiça Marcos Eduardo Rauber.

De acordo com o Ministério Público, o crime ocorreu em 24 de julho de 2021, no qual a ré matou a vítima com golpes de faca pelas costas por ciúmes de um homem que teria envolvimento com ela e com a vítima. O promotor sustentou ainda que houve uma qualificadora no crime, pois a ação teria dificultado a defesa da vítima e teve também agravante de crueldade.

A pena da ré foi fixada, inicialmente, em 6 anos e 10 meses de reclusão, em regime inicial semiaberto, mas com direito de recorrer em liberdade. Sendo assim, a ré terá de cumprir prisão domiciliar noturna e está proibida de se ausentar da cidade e de mudar de endereço sem prévia autorização judicial.

O Ministério Público interpôs recurso da decisão buscando aumento da pena imposta, por considerá-la insuficiente diante da gravidade do crime e das circunstâncias em que foi cometido, com extrema brutalidade.


  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • cq-01
  • globalway (1)
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (2)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • 2024 BANNER TOPO CAPA DE SITE DIA DE CAMPO DESKTOP
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)