Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Banner-Camaqua_CC 970×90
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • globalway (1)
  • clarão—970×90
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • 970×90 (3)

PRF prende mulher com 100 mil dólares escondidos junto ao corpo

Policiais Rodoviários Federais abordaram um Ka que transitava em direção à capital gaúcha; abordagem ocorreu na BR-290, em Pantano Grande


Por Redação Clic Camaquã Publicado 22/11/2022
Ouvir: 00:00
PRF prende mulher com 100 mil dólares escondidos junto ao corpo
PRF prende mulher com 100 mil dólares escondidos junto ao corpo

Na tarde desta segunda-feira (21), a Polícia Rodoviária Federal apreendeu quase 100 mil dólares americanos que estavam escondidos junto ao corpo de uma catarinense que não conseguiu explicar a origem do dinheiro. A abordagem ocorreu na BR 290, em Pantano Grande.

Em ação de combate ao crime, Policiais Rodoviários Federais abordaram um Ka que transitava em direção à capital gaúcha. No carro estavam um homem de 46 anos e uma mulher de 40, ambos de Criciúma-SC, que disseram estarem vindo de Santana do Livramento, mas não souberam especificar os motivos da viagem.

Durante as buscas no automóvel, os policiais encontraram cintas corporais e desconfiaram que o casal pudesse estar escondendo dinheiro. Com o apoio de uma Policial Civil de Pantano Grande, foi realizada a revista na mulher, que levava cerca de 100 mil dólares escondidos junto ao corpo.

Ela não conseguiu comprovar nem explicar a origem lícita do dinheiro. A dupla, que não tinha antecedentes, foi encaminhada à Polícia Judiciária Federal por crime financeiro. Os dólares e o carro foram apreendidos e ficaram a disposição da Justiça.

Os envolvidos não tiveram seus nomes divulgados em virtude da Lei de Abuso de Autoridade (Lei nº 13.869). A lei foi sancionada em 2019 e é válida desde janeiro de 2020, impedindo a divulgação antes do trânsito em julgado em todas as instâncias da Justiça.


  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • globalway (1)
  • clarão—970×90
  • 970×90 (3)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Banner-Camaqua_CC 970×90