Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • banner felice 2
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • _26345 banner topo 970×90 px (PNG)

Polícia Civil prende seis pessoas no combate à caça ilegal nas regiões Carbonífera e Vale do Taquari

A ação ocorre nos municípios de Taquari, Triunfo, Eldorado do Sul e Arroio dos Ratos


Por Pablo Bierhals Publicado 17/04/2024
 Tempo de leitura estimado: 00:00
imagem 1280×720 – 2024-04-17T162701.559
Foto: Divulgação/Polícia Civil

A Polícia Civil deflagrou, na manhã desta quarta-feira (17), a Operação Hunters, com o objetivo de reprimir a prática dos crimes de caça ilegal de animais silvestres e exóticos, posse e porte ilegal de armas de fogo, crueldade contra animais e associação criminosa nas regiões Carbonífera e Vale do Taquari.

A ação ocorre nos municípios de Taquari, Triunfo, Eldorado do Sul e Arroio dos Ratos por meio da Delegacia do Meio Ambiente (DEMA), do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC) e conta com o apoio da Secretaria Estadual do Meio Ambiente (SEMA), Polícia Rodoviária Federal e Brigada Militar.

Até o momento, foram presas seis pessoas e cumpridos 27 mandados de busca e apreensão.

Além disso, foram apreendidos dezenas de quilos de carne provenientes de caça ilegal, diversas armas de fogo de variados calibres, munições, entre outros.

Segundo a titular da DEMA, Delegada Sámieh Saleh, as investigações foram iniciadas em 2023, tendo sido possível identificar que caçadores utilizavam autorização de abate de javalis para caça de animais silvestres, configurando crime de caça ilegal.

Também foi constatado que um grupo de caça portava ilegalmente de arma de fogo, bem como praticava a venda de carne de javali, maus-tratos a animais, caça ilegal de animais silvestres e associação criminosa.

As penas destes crimes, se cumuladas, podem chegar até 17 anos.


  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • _26345 banner topo 970×90 px (PNG)
  • banner felice 2
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335