Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Banner-Camaqua_CC 970×90
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • 970×90 (3)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • globalway (1)
  • clarão—970×90
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335

Operação policial apura roubo a estabelecimento bancário

Mais de 50 medidas cautelares de busca e de apreensão em oito cidades gaúchas


Por Redação Clic Camaquã Publicado 08/12/2022
Ouvir: 00:00
Foto: Divulgação/Divulgação

Na manhã desta quinta-feira (08), a Polícia Civil, com apoio da Brigada Militar e da Polícia Civil de Santa Catarina, deflagrou a Operação Intocáveis. A ação, conduzida pela 1ª Delegacia de Polícia de Repressão a Roubos (1ªDR) do Departamento Estadual de Investigação Criminal (Deic), dá prosseguimento às investigações de roubo a uma instituição bancária ocorrido em 16 de março de 2022, na Avenida do Forte, em Porto Alegre.

Na ocasião do crime, várias pessoas foram feitas reféns na agência, mediante emprego de armas de fogo. Equipes da 14ª Delegacia de Polícia de Porto Alegre se deslocaram até o local. Quatro pessoas foram presas em flagrante. Um dos suspeitos, ao tentar empreender fuga do local portanto um simulacro de arma de fogo, acabou ferido e morreu. Durante as investigações sobre o fato, foram encontrados indícios da participação de, pelo menos, outros quatro homens.

Na ação desta quinta-feira (08), foram cumpridas mais de 50 medidas cautelares de busca e de apreensão contra os suspeitos nas cidades de Porto Alegre, Gravataí, Canela, Canoas, Alvorada, Viamão, Cachoeirinha e Jaguaruna (SC). Foram apreendidos documentos, dispositivos celulares e veículo. Dentre eles, um rádio comunicador e duas pistolas calibre 380, um veículo Gol, ano 2017, pequena porção de maconha, um revólver calibre 38 e munições. Seis homens foram presos (dois em Porto Alegre, dois em Jaguaruna, um em Cachoeirinha e outro em Gravataí).

Em Canela, as ações de busca foram coordenadas pela Delegacia de Polícia de Canela e visaram imóveis identificados como sendo do patrimônio de um dos presos em flagrante.

Em Jaguaruna, as ações de buscas foram coordenadas pela Delegacia de Polícia de Jaguaruna e a prisão de um dos alvos foi executada pela CORE- Coordenadoria de Recursos Especial da Polícia Civil do RS.

Ao todo, 150 policiais, entre civis e militares, dos Estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, participaram da Operação.


  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • clarão—970×90
  • 970×90 (3)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • globalway (1)