Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • banner felice 2
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • globalway (1)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • _26345 banner topo 970×90 px (PNG)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)

Detento é acusado de matar mulher no Bom Sucesso, em Camaquã

Apenado do Presídio de Pelotas é o principal suspeito da morte de Gislange Santos de Oliveira, de 36 anos, morta no bairro Bom Sucesso


Por Redação Clic Camaquã Publicado 19/07/2022 Atualizado 21/07/2022
 Tempo de leitura estimado: 00:00
Detento é acusado de matar mulher no bairro Sucesso, em Camaquã
Detento é acusado de matar mulher no bairro Sucesso, em Camaquã

Um apenado do Presídio Estadual de Pelotas é o principal suspeito da morte de Gislange Santos de Oliveira, camaquense de 36 anos que foi morta a tiros no bairro Bom Sucesso no dia 13 de abril deste ano. A informaçao foi divulgada pela Polícia Civil nesta terça-feira, 19 de julho.

Na manhã de hoje, agentes da Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia de Camaquã, cumpriram mandado de prisão preventiva e mandado de busca e apreensão no Presídio Estadual de Pelotas/RS.

O mandado de prisão cumprido na cela do apenado, um homem de 33 anos, o qual foi cientificado da sua prisão, onde é acusado de Homicídio Doloso, suspeito pela morte de Gislange.

Agora, além da pena que ele já cumpria por outro homicídio, poderá ter um “acréscimo” no seu tempo de prisão. De acordo com informações, ele estava em liberdade na ocasião do crime e seria o autor do disparo que matou a vítima. Depois do fato, ele foi preso por outro crime.

Participaram da ação quatro policiais civis e uma viatura policial.

A vítima foi alvejada no bairro Bom Sucesso, chegou a ser socorrida com vida, mas não resistiu aos ferimentos e acabou vindo a óbito no Hospital Nossa Senhora Aparecida (HNSA) de Camaquã. Gislange morava em uma residência localizada na rua Ana Gonçalves Meirelles.

Confira mais informações sobre o caso no programa Bom Dia Camaquã:

O indivíduo teve seu nome preservado pela Lei de Abuso de Autoridade (Lei nº 13.869), que desde o começo de 2020, impede a divulgação de quaisquer informações que identifiquem suspeitos antes de trânsito em julgado.


  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • _26345 banner topo 970×90 px (PNG)
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • globalway (1)
  • banner felice 2
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494