Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • clarão—970×90
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494

Caso “5 pila” vai parar na Delegacia

Dupla que cobra 5 reais por corrida em táxis clandestinos agride taxista em ponto no centro de Camaquã VEJA AS FOTOS


Por Redação Clic Camaquã Publicado 23/02/2014
Ouvir: 00:00

Um taxista foi agredido na tarde deste sábado (22) enquanto trabalhava no ponto da avenida Presidente Vargas, em frente a Loja Lebes no centro de Camaquã. Por volta das 16h15, Luis Antônio Dallmann de 29 anos estacionou o táxi depois de uma corrida. Não havia nenhum colega no ponto de táxi quando ele foi abordado pelos irmãos Marco Antônio Bilhalva Garcia de 38 anos e Alex Antônio Bilhava Garcia de 40 anos.

A dupla foi denunciada pelos taxistas da cidade à Secretaria dos Transportes por realizar o transporte irregular de passageiros cobrando apenas R$ 5 por corrida. O caso ficou conhecido como o “5 pila” após ser revelado com exclusividade pela Rádio Acústica FM 97,7 e Portal Clic Camaquã na manhã da segunda-feira (17).

Após intensa discussão, a dupla teria agredido o taxista que revidou as agressões com a ajuda de um colega de ponto que chegou logo em seguida. Minutos depois da briga, a dupla foi até a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento de Camaquã e relataram que teriam sido agredidos pelo taxista.

Revoltados com o caso, colegas do taxista profissional foram para frente da DP acompanhar o registro da ocorrência e dar apoio a Luis Antônio.  A categoria está organizando uma manifestação pacífica para a próxima terça-feira. Eles prometem fazer um “buzinaço “ em frente a Prefeitura para pedir segurança e fiscalização no serviço de táxi.


  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • clarão—970×90
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • globalway (1)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335