Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • _26345 banner topo 970×90 px (PNG)
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • banner felice 2
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335

Casal suspeito de tentar vender bebê na Região Noroeste do RS é investigado

Caso teria ocorrido na noite de terça-feira (16), em Santa Rosa


Por Pablo Bierhals Publicado 17/04/2024
 Tempo de leitura estimado: 00:00
polícia clic polícia clic polícia clic plantão policial urgente
Foto: Plantão Policial/Clic Camaquã

Um casal está sendo investigado por suspeita de tentar vender um bebê de apenas quatro dias por R$ 500,00 em Santa Rosa, na Região Noroeste do Rio Grande do Sul. O caso teria ocorrido na noite de terça-feira (16) e os suspeitos, um homem de 38 anos e uma mulher de 21 anos, foram conduzidos à delegacia.

Segundo informações da Brigada Militar, uma denúncia anônima levou uma guarnição até o local, no bairro Cruzeiro do Sul, onde os policiais encontraram o casal segurando a criança. Eles negaram estar tentando vender o recém-nascido. A equipe policial observou que o casal não estava com documentos e o bebê ainda não havia sido registrado. Além disso, verificou-se que ambos estavam sendo monitorados por tornozeleira eletrônica, embora não estivessem usando o dispositivo no momento da abordagem.

Após depoimento, os suspeitos foram liberados. O bebê está sob os cuidados de um abrigo municipal e recebe acompanhamento do Conselho Tutelar.

Segundo as autoridades, a mulher é a mãe da criança, mas ainda não está confirmado se o homem é o pai. O casal reside em Canoas, na Região Metropolitana, e já estava sendo monitorado pelo Conselho Tutelar.

A Polícia Civil segue investigando o caso.


  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • _26345 banner topo 970×90 px (PNG)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • banner felice 2
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • globalway (1)