Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Banner-Camaqua_CC 970×90
  • 970×90 (3)
  • clarão—970×90
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • globalway (1)

Bombeiros retomam buscas por jovem que se afogou em praia de Capão da Canoa

Suspeita é de que o banhista teria sido surpreendido por rede de pesca enquanto nadava


Por Eduardo Costa Publicado 13/12/2022
Ouvir: 00:00
Bombeiros retomam buscas por jovem que se afogou em praia de Capão da Canoa
Bombeiros retomam buscas por jovem que se afogou em praia de Capão da Canoa

Bombeiros retomam buscas por jovem que se afogou em praia de Capão da Canoa. O jovem de 20 anos desapareceu no mar em Capão da Canoa, no Litoral Norte, no último domingo. A procura por Iago Ribas seguiu ao longo desta segunda-feira (12), mas foi suspensa devido ao mau tempo. A previsão é que o trabalho retorne na manhã desta terça-feira (13) . As informações são de GZH.

Leia outras notícias de polícia no Clic Camaquã

Bombeiros retomam buscas

Iago Ribas se afogou enquanto nadava no balneário Jardim Beira Mar com outros dois amigos. Conforme o chefe de operações do Corpo de Bombeiros, tenente-coronel Isandré Antunes, os amigos relataram que se assustaram com cordas no mar. Ao serem acionados, os bombeiros retiraram o material da água. Os bombeiros acreditam que Ribas pode ter sido surpreendido por uma rede de pesca na água. Também não havia sinalização da presença de pescadores.
De acordo com o comandante da Patrulha Ambiental da Brigada Militar (Patram) em Capão da Canoa, tenente Jeferson Zanin, o material de pesca é regular, autorizado para uso até o dia 15 de dezembro. Após essa data, as redes não podem mais ser posicionadas nas praias do litoral gaúcho.

O local onde ocorreu o afogamento não tem guarda-vidas fora do período da Operação Verão. Por isso, as forças de resgate reforçam o alerta: os banhistas devem evitar se afastar da margem, tomar cuidado com a corrente de retorno – popular repuxo – e possíveis materiais à deriva, como as redes de pesca. Os surfistas, em especial, podem ser afetados por pedaços de cordas soltos.


  • clarão—970×90
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • globalway (1)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90
  • 970×90 (3)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)