Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • cq-01
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • WhatsApp Image 2024-04-02 at 17.18.51
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • globalway (1)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335

Dica de Beleza: Como está seu cabelo?

Confira as dicas de beleza do cabelereiro Igor Garcia, do Sãlão Beleza Urbana


Por Redação/Clic Camaquã Publicado 31/07/2017
 Tempo de leitura estimado: 00:00

Com o Programa de Gerenciamento Capilar é possível prevenir, estabilizar e estimular a evolução dos fios enfraquecidos. Combinando diversas tecnologias e uso de ativos específicos, os resultados são visíveis de 3 a 6 meses. O diagnóstico correto dos fios vai determinar o tipo de tratamento indicado para cada dano, e a escolha errada pode tanto não permitir que o resultado do tratamento seja eficaz, como também pode prejudicar mais as madeixas. Por regra, é indispensável sempre fazer uso de produtos menos agressivos, evitando os sulfatos, petrolatos, parabenos, silicones insolúveis, agentes sensibilizantes e agentes abrasivos. Optar por produtos que se aproximem o máximo possível do natural é sempre uma boa pedida. Evitar esfregar os fios com muita força e no sentido contrário de seu nascimento também contribui para evitar danos. É na lavagem que retiramos todas as impurezas e resíduos dos fios e com um enxágue de qualidade preparamos os cabelos para receber os procedimentos. Se o cabelo tiver resíduos de sujeiras, ou de shampoo, nenhum produto surtirá o efeito esperado. Pode se usar produtos top de linha, que se a lavagem não for perfeita os produtos de nada vão servir. Um passo importante é avaliar o PH pois é nessa análise que começa o sucesso ou fracasso de todo e qualquer tipo de procedimento capilar. É essa tabela que determina tudo no mundo dos cabelos, é ela quem diz o que pode ou não ser feito.

O efeito “reparação imediata” apresentado pelas receitas com vinagre de maçã ou limão se dá pela acidez desses produtos. O pH ácido tem poder selante, vai fazer com que as cutículas abertas se fechem, assim sendo, os fios com as escamas fechadas refletem a luz e temos o brilho intenso. Brilho não quer dizer saúde do fio. Significa apenas que as cutículas foram seladas e nada, além disso. O fio necessita ser preenchido. O córtex deve ter sua massa reposta antes de blindarmos as cutículas e realizar a tão necessitada reposição de massa. Então o vinagre de maçã não funciona? Funciona sim. Com o pH ácido a função dele é selante e isso ele realmente faz. Porém, está na composição, que não tem nenhum tipo de ativo nutritivo para os fios já que é composto apenas por água, conservante e fermentado acético. Você selou o fio oco e mesmo assim o risco de quebra continua eminente. Conhecem o ditado popular? “Por fora bela viola, mas por dentro pão bolorento. ”, é assim o fio “tratado” com vinagre.

Escala de 8 para cima, pode causar a divisão dos fios, a famosa ponta dupla. Exemplo: colorações, alisamentos, relaxamentos e descolorações. O calor também é agente dilatador, logo, exposições constantes ao secador e chapinha e lavagens com água quente também são muito prejudiciais aos fios. A maioria dos profissionais e eu temos certa fobia quando o assunto são alisamentos como tioglicolatos e hidróxidos de sódio e guanidina pois sabemos que o potencial destruidor deles é o maior que existe. E as loiras, as descolorações para atingir os loiros claríssimos e platinados são muito piores que a maioria dos alisantes. – Nossa como assim Igor? Simples. Ainda dentro da tabela de pH, o potencial da maioria dos alisantes é entre 9 e 13, enquanto o potencial das descolorações atinge facilmente o 14, que é a altura máxima da tabela. Nessa nova matéria estou dando início a uma sequência de textos abordando tudo que você precisa saber sobre gerenciamento capilar. Devemos antes de tudo, ter sempre em mente que cabeleireiros (as) não são médicos, então a parte hereditária, congênita, hormonal, medicamentosa, infecciosa e doenças que possam estar causando danos às madeixas, como quebras e quedas, não são da alçada dos profissionais da beleza.

Importante ressaltar que cabeleireiros (as) tratam o fio, não podem receitar remédios, não dão prognósticos, diagnósticos, laudos e nada do gênero. Sempre que o causador dos danos aos fios for INTERNO, o máximo que um bom e responsável profissional deve fazer é indicar que a cliente procure um dermatologista.


  • WhatsApp Image 2024-04-02 at 17.18.51
  • globalway (1)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • cq-01