Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Banner-Camaqua_CC 970×90
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • 970×90 (3)
  • clarão—970×90
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)

Tite diz que, mesmo com vitória, Brasil sentiu a ausência de Neymar

Graças a um gol do volante Casemiro, seleção derrotou Suíça por 1 a 0


Por Celiomar Garcia Publicado 28/11/2022
Ouvir: 00:00
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

O técnico Tite afirmou que, mesmo com a vitória sobre a Suíça, a seleção sentiu a ausência do atacante Neymar (desfalque por causa de uma lesão no tornozelo direito). Porém, o treinador destacou o fato de a equipe ter outras opções para continuar triunfando na competição, como nesta segunda-feira (28) no Estádio 974, pelo Grupo G da Copa do Catar.

“Claro que o Neymar tem atributos diferentes. Ele, em um momento mágico, dribla e clareia. Ele tem essa qualidade. Então (a seleção) sente sim a ausência do Neymar. O poderio da equipe sente. Porém, temos atletas que podem dar conta do recado”, declarou o comandante da seleção em entrevista coletiva.

Segundo Tite, as opções que existem para substituir ausências importantes, como a de Neymar, são fruto do trabalho realizado nos últimos quatro anos na equipe canarinho:

“Há um leque de opções porque há um processo de quatro anos de construção. Quem venceu hoje foi o processo, foi o tempo de quatro anos de uso de atletas para que eles possam desenvolver, ter a naturalidade, mesmo jovens, aproveitando em seus clubes e dando oportunidade”, disse.

Outro assunto abordado na entrevista foi a opção por escalar o zagueiro Éder Militão como titular da lateral direita. O jogador do Real Madrid (Espanha) venceu a disputa com Daniel Alves pela vaga de Danilo, que desfalcou o Brasil por lesão.

“Você tem dois jogadores com diferentes características. Um de imposição (Militão), eu digo que ele tem turbo, consegue chegar na frente com uma consistência de marcação muito forte. O outro um articulador, um exímio construtor, que é o Dani”, afirmou.


  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • 970×90 (3)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • globalway (1)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90
  • clarão—970×90