Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • globalway (1)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • banner felice 2
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • _26345 banner topo 970×90 px (PNG)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)

Equipes intensificam ações humanitárias no Vale do Rio Pardo

Após operações de resgate, base avançada do Gabinete de Crise prioriza abastecimento dos municípios atingidos


Por Pablo Bierhals Publicado 03/05/2024
 Tempo de leitura estimado: 00:00
imagem 1280×720 – 2024-05-03T152744.729
Foto: Joel Vargas/Ascom GVG

O segundo dia de trabalho do Gabinete de Crise avançado em Santa Cruz do Sul, no Vale do Rio Pardo, foi de alinhamento para garantir o abastecimento das cidades atingidas. O vice-governador Gabriel Souza reuniu, nesta sexta-feira (3), as equipes do Governo do Estado, que até a última atualização nesta manhã realizaram o resgate de aproximadamente 2.500 pessoas na região.

De acordo com o vice-governador, até o momento não há mais registros de pessoas aguardando por socorro em telhados da região. A segunda fase, segundo Gabriel, é garantir ajuda humanitária aos municípios isolados.

Para assegurar o abastecimento, o objetivo é acessar as comunidades via aquática ou aérea. O foco inicial será o envio de mantimentos para hospitais e postos de saúde, além da distribuição de alimentos, água potável, itens de higiene, colchões e roupas de cama para a população. Também está previsto o estabelecimento de albergues e abrigos públicos para acolher famílias que perderam ou precisaram deixar suas residências.

Cenário do Vale do Rio Pardo

No encontro, as equipes também avaliaram a situação das escolas – 50 registram algum tipo de dano – e as principais demandas das unidades de saúde. Apenas o Hospital de Sinimbu está fazendo levantamento de danos e precisou passar por limpeza, que está sendo realizada pelo Corpo de Bombeiros. As demais instituições de saúde da região seguem com funcionamento normal.

Além disso, pacientes estão sendo encaminhados para outras localidades por transporte aeromédico. Até o momento, sete pacientes de hemodiálise de Candelária foram enviados para seguir com o tratamento em Santa Cruz do Sul.

O quadro das rodovias de acesso à região também foi detalhado nesta manhã, bem como o fornecimento de energia elétrica, a remoção de resíduos sólidos dos municípios pela Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema) e o atendimento aos agricultores pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), entre outros serviços.


  • banner felice 2
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • _26345 banner topo 970×90 px (PNG)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • globalway (1)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)