Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • cq-01
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • WhatsApp Image 2024-02-01 at 16.56.45
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • 2024 BANNER TOPO CAPA DE SITE DIA DE CAMPO DESKTOP
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664

Escolas da região participam de atividades do “Escola Aberta”

Duas escolas de Camaquã aparecem na listagem regional de integrantes do programa


Por Redação/Clic Camaquã Publicado 24/01/2015
 Tempo de leitura estimado: 00:00

Estudantes da rede pública estadual de ensino e as comunidades dos bairros onde eles vivem podem desfrutar, nos finais de semana, do programa Escola Aberta para a Cidadania. Atualmente, são 177 estabelecimentos escolares, em todo o Rio Grande do Sul, oferecendo atividades esportivas, culturais e de lazer, além de oficinas de aprendizado que são uma oportunidade para desenvolver habilidades que podem gerar renda.

O programa é realizado em escolas das 29 Coordenadorias Regionais de Educação e em outras 21 localizadas em áreas mapeadas pelo Programa de Prevenção à Violência (PPV). A diretora do Departamento Pedagógico da Secretaria Estadual da Educação (Seduc), Leila Schaan, observa que os ensinamentos, o lazer e o convívio proporcionados aos alunos e às comunidades retornam à escola em forma de boas práticas de relacionamento cotidiano.   

A média mensal de adesão é de aproximadamente 450 pessoas por escola, sendo que 70% são os próprios alunos. “Trata-se de um momento para estabelecer novas amizades. Transformar a escola em um lugar de lazer acaba sendo um grande atrativo para a maioria dos estudantes”, diz a diretora. Além disso, segundo ela, o Escola Aberta ajuda a reduzir os índices de violência, estimula a cultura da paz e contribui para o exercício da cidadania e a melhoria da qualidade do ensino.

Confira as escolas da região que participam do programa:

Camaquã:

– C.E. Sete de Setembro

– E.E.E.F. Ver. José Adão de Assis Barbosa (CIEP)

São Lourenço do Sul:

– E.E.E.F. Monsenhor Gauscht 

– E.E.E.F. Vicenti Di Tolla 

Arambaré:

– E.E.E.F. Lauro Silva Azambuja (Santa Rita do Sul)

Encruzilhada do Sul:

– E.E.E.F. Dr. Mariano da Rocha

São Jerônimo:

– E.E.E.F. Thomas Alva Edson

O programa foi criado em 2003. No ano de 2007, foi instituído como política pública do Governo do Estado para a área de educação, através da lei 12.865/2007, regulamentada pelo decreto 45.464/2008.


  • cq-01
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • 2024 BANNER TOPO CAPA DE SITE DIA DE CAMPO DESKTOP
  • WhatsApp Image 2024-02-01 at 16.56.45
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494