Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • globalway (1)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • clarão—970×90
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664

Costa Doce: confira a situação das águas em cidades banhadas pela Lagoa dos Patos

As cidades da Costa Doce São Lourenço do Sul, Arambaré, Pelotas e Tapes seguem sendo afetadas pelas fortes chuvas que assolam o Rio Grande do Sul há cerca de duas semanas


Por Kathrein Silva Publicado 25/05/2024
Ouvir: 00:00
PNG (12)
Foto: Comunicação São Lourenço do Sul/ Costa Doce

As cidades da Costa Doce São Lourenço do Sul, Arambaré, Pelotas e Tapes seguem sendo afetadas pelas fortes chuvas que assolam o Rio Grande do Sul há cerca de duas semanas. A Defesa Civil e as prefeituras municipais estão divulgando informações nas suas redes sociais para atualizar a população.

No Estado, conforme o último boletim divulgado pela Defesa Civil na manhã deste sábado (25), às 9h, o número de óbitos em decorrências das chuvas subiu para 165 pessoas. Além disso, 64 pessoas seguem desaparecidas e 806 estão feridas.

São Lourenço do Sul

A cidade de São Lourenço do Sul está realizando medições do nível da Lagoa dos Patos de hora em hora no Largo Laura Abreu. Conforme a última medição realizada às 10h deste sábado (25), a lagoa marca 2,20m na “Régua da Cruz”. Além disso, ventos sopram à 23 km/h em direção Sudoeste.

Conforme informações divulgadas nesta sexta-feira (24), a cidade registra 128 pessoas que foram retiradas de suas casas e encaminhadas à 4 abrigos municipais, são eles: Conviver, Comunidade Medianeira, Comunidade Nossa Senhora de Fátima e Salão Três de Maio. No município, um centro de solidariedade opera todos os dias entregando cerca de 200 cestas básicas com doações e suprimentos aos afetados pelas enchentes que estão registrados no Cadastro Único.

Arambaré

O último boletim da Defesa Civil da situação da Lagoa dos Patos foi divulgado, às 18h, de sexta-feira (24). Na medição o nível da lagoa estava em 2,74m com pontos de alagamento nos bairros: Caramuru, Cibislândia, Distrito Santa Rita do Sul e Costa Doce. Bairro com possível ponto de alagamento é a Caneleira.

Um internauta registrou a situação da lagoa (confira abaixo) na manhã deste sábado (25).

O prefeito da cidade, Jardel Cardoso, participou do Controle Geral, transmitido pela Clic Rádio, neste sábado (25) para falar sobre os alagamentos e prejuízos na cidade.

Pelotas

O registro feito às 20h da última sexta-feira (24) pela Defesa Civil de Pelotas registra a medida de 1,82m na Lagoa dos Patos e o nível de 2,77 no canal São Gonçalo. O número de pessoas em abrigos municipais somam 716.

No Salão paroquial João Paulo 2º, há 153 pessoas; Escola Estadual Edmar Fetter há 152 pessoas; Escola Superior de Educação Física e Fisioterapia (ESEF) há 133 pessoas; Ginásio da antiga AABB, agora da UFPel há 83 pessoas; Cenáculo há 51 pessoas; Terezinha Futebol Clube há 23 pessoas; CAVG há 98 pessoas e no Exército da Salvação (pessoas adultas com deficiência ou acamados) há 23 pessoas.

A prefeitura também tem quase 800 animais em seis abrigos no município.

Tapes

Em Tapes, o último boletim com nível da água foi às 12h de sexta-feira (24). Conforme as informações a Lagoa dos Patos estava em 2,85m e registrava 70 desalojados. O município também sofreu danos na infraestrutura de uma ponte em razão das águas.

A ponte da Sanga do Meio na Avenida Dom Vicente Scherer, que liga o centro ao Loteamento Pontal, está interditada em virtude da erosão causada pelas águas em sua cabeceira. A prefeitura adotou esta medida devido a orientação dos Bombeiros Voluntários e da Defesa Civil.


  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • clarão—970×90
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • globalway (1)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111