Polícia

COMPARTILHE: Polícia busca foragido por dois homicídios em Camaquã

João Ricardo Pagani Fonseca está foragido do sistema prisional; ele é acusado por dois homicídios ocorridos em Camaquã
Por: Elias Bielaski | Publicado: 11/11/2021 às 15:21 | Alterado: 18/11/2021 às 23:50 | Fonte: Polícia Civil
Foto: Polícia Civil / Divulgação
Foto: Polícia Civil / Divulgação

Na tarde desta quinta-feira, 11 de novembro, a Polícia Civil divulgou informações sobre um foragido do sistema prisional. João Ricardo Pagani Fonseca está sendo procurado por órgãos de segurança.

Promoção de Natal do Clic sorteia R$1.100 <

O indivíduo é acusado de cometer dois homicídios na cidade de Camaquã. 

Qualquer informação pode ser repassada para o WhatsApp (51) 98416-8027 ou para o telefone 197. A Polícia Civil garante sigilo absoluto para o denunciante.

Denúncia online

O Denúncia Digital 181 é um canal online, gratuito e protegido, aberto ao cidadão consciente da importância de informações confiáveis para o trabalho das forças de segurança e do seu papel em colaborar com as polícias para uma sociedade mais segura.

Ele é o tema do segundo vídeo da série produzida pela Coordenadoria de Comunicação da Secretaria da Segurança Pública (SSP) sobre os serviços prestados à população.

Receba as notícias do Clic pelo WhatsApp <

A página no site da pasta, lançada em agosto de 2019, permite a qualquer pessoa repassar informações sobre crimes de forma totalmente anônima.

Assim como já ocorre pelo número de telefone do Disque-Denúncia 181, o fornecimento de pistas pode ser feito de forma gratuita, 24 horas por dia, sete dias por semana.

A diferença está em agregar a agilidade e a praticidade da internet para facilitar o uso do canal.

A medida integra as ações do eixo de atendimento ao cidadão dentro do RS Seguro e reflete as premissas de inteligência e investimento qualificado que orientam o planejamento do programa.

Para utilizar o Denúncia Digital 181, basta acessar a página no site da SSP em qualquer computador, tablet ou smartphone e completar o formulário.

Inscreva-se no canal do Clic no YouTube <

O preenchimento de dados pessoais é opcional e nenhum dado da sua navegação será gravado.

Os únicos campos obrigatórios são um relato sobre o que ocorreu, a seleção do tipo de crime que envolve (tráfico de drogas, por exemplo), a cidade do fato e uma descrição do denunciado.

A página também permite ao cidadão anexar até dez arquivos de até 5 MB cada.

Com isso, o denunciante pode enviar fotos, vídeos, planilhas, documentos e qualquer outro material que ajude na apuração do crime relatado.

O material é recebido pela equipe do Disque Denúncia, vinculada ao Departamento de Inteligência de Segurança Pública (Disp) da SSP, que faz uma análise prévia e encaminha para o órgão competente (Brigada Militar, Polícia Civil, corregedorias etc.).

Baixe agora o aplicativo da ClicRádio <

Podem ser repassadas tanto pelo Disque-Denúncia 181 quanto pelo Denúncia Digital 181 pistas sobre atuação de quadrilhas e gangues, abusos contra crianças, mulheres e idosos, desvios e omissões de servidores públicos, autoria de crimes, localização de foragidos, pontos de tráfico de drogas, porte ilegal de armas, maus-tratos a animais e outros delitos.

As informações fornecem material valioso para auxiliar as atividades policiais de prevenção e investigação.

Mas atenção: o serviço não atende quem tenha sido vítima de um crime. Nesse caso, o caminho correto é registrar uma ocorrência, o que também pode ser feito via internet, pela Delegacia Online, ou presencialmente em qualquer Delegacia de Polícia.

Vem aí mais um Mega Feirão do Clic <

Clique aqui e vote no Prêmio Prime 2022 <

deixe seu comentário