Esporte

Com gol de Pepê, Grêmio vence GreNal 427 pela Libertadores e aumenta invencibilidade contra a Internacional

Grêmio venceu a partida válida pela quarta rodada da fase de grupos e empatou no número de pontos, agora dividindo a liderança com o Internacional
23/09/2020 - 23h:48min - Fonte:

 Na noite desta quarta-feira, 23 de setembro, o Gre-Nal de número 427 terminou com mais uma vitória do Grêmio. Válida pela quarta rodada da fase de grupos, a partida foi vencida pelo tricolor por 1 à 0, com gol do ponta esquerda Pepê.

Na partida, a 500ª de D'Alessandro, o treinador do Grêmio, Renato Portaluppi, completou 365 jogos na casamata e tornou-se o segundo maior treinador da nossa história. Já são mais de 4 anos ininterruptos desde a sua última chegada, a terceira passagem no Grêmio.

Imagem

 

A partida

Houve até mais surpresas na escalação do Inter do que na do Grêmio. Coudet, que já não tinha Edenilson e Moisés, suspensos, perdeu até Uendel positivado para covid-19. Precisou ir com Matheus Jussa como lateral-esquerdo. No meio, contou com a volta de Marcos Guilherme, recuperado de lesão, substituindo Patrick, que ficou no banco, recheou o setor com Musto e Lindoso. 

Renato manteve a esperada formação com o tripé de volantes à frente da zaga, com Lucas Silva, Darlan e Matheus Henrique. A defesa, aliás, que não tinha os suspensos David Braz e Paulo Miranda, também não teve Geromel, lesionado. Rodrigues foi o parceiro de Kannemann, igualmente recuperado. Orejuela e Cortez reapareceram nas laterais. Pepê voltou ao ataque, pelo lado esquerdo.

Os primeiros minutos do Gre-Nal foram de avaliação e entendimento de parte a parte do que a partida ofereceria. Parecendo mais habituado à forma de jogar, o Grêmio teve mais iniciativa ofensiva, ainda que contida. 

Foi jogando pela direita que chegou. Aos sete minutos, Orejuela entregou para Alisson, mas o passe foi forte demais, e o atacante gremista chegou dividindo com Zé Gabriel e concluiu sem perigo para Lomba.

A leve superioridade gremista não tinha contundência, mas deixava o Inter desconfortável. Sem conseguir segurar a bola na frente, quando não trocava passes entre defensores e Marcelo Lomba, tentava chegar à frente por meio de lançamentos, que pouco rendiam. O time de Renato buscava o jogo pelo chão e até conseguiu uma falta, que gerou cartão amarelo a Lindoso. Mas não teve aproveitamento na cobrança.

 

O gol

deixe seu comentário