Saúde e Bem Estar

Camaquã tem dois novos casos de Covid-19 confirmados

Total de pacientes com diagnóstico positivo chegou a nove; equipes da Vigilância Epidemiológica estão acompanhando os pacientes
22/05/2020 - 17h:20min - Fonte:

Nesta sexta-feira (22), o Executivo Municipal, através da Secretaria Municipal de Saúde, informou a comunidade camaquense a confirmação do nono caso de Covid-19 na cidade. Os dois novos casos fizeram teste em laboratório particular e reagiram, demonstrando que em algum determinado momento tiveram contato com o vírus.

Os pacientes são assintomáticos e estão sendo acompanhados pela Vigilância Epidemiológica. Não foram repassadas mais informações sobre os casos.

 

Sétimo caso

Na tarde desta quinta-feira (21), a Prefeitura Municipal de Camaquã confirmou o sétimo caso de Covid-19 em Camaquã. Trata-se de uma criança de oito anos que teve o diagnóstico positivo em exame realizado nesta semana.

A informação foi confirmada pelo prefeito Ivo de Lima Ferreira, que ainda informou que a mesma apresentou sintomas leves e já está isolada junto à sua família. Segundo o secretário da Saúde, o paciente confirmado nesta quarta-feira (21) é um caminhoneiro de 49 anos, que apresentou sintomas ao retornar ao Rio Grande do Sul e que ao chegar, foi diretamente à um laboratório particular. Ele foi recepcionado pela Vigilância Epidemiológica, que estabeleceu um raio de ação e entrou em contato com todas as pessoas ligadas à ele.

Na transmissão, participaram o secretário da Saúde, Fabiano Martins; o coordenador da Vigilância Sanitária, Luciano Pereira Dias; o administrador do Hospital Nossa Senhora Aparecida (HNSA), Cléber Dorneles; o diretor financeiro do HNSA, Célio Belmiro Affeldt; e o prefeito municipal, Ivo de Lima Ferreira. 

A criança de oito anos, que teve seu diagnóstico divulgado hoje, não apresentou sintomas e vinha sendo monitorada há dias pela vigilância. "O foco desta semana não tem relação nenhuma com o foco que ocorreu anteriormente", garantiu o secretário, se referindo aos quatro casos confirmados na última semana e que possuíam ligação direta entre eles.

Luciano destacou que o paciente de 49 anos, que teve seu diagnóstico divulgado ontem, já estava com sintomas durante sua viagem e que em nenhum momento, ele foi imprudente. Segundo ele, o paciente passou por duas unidades de saúde durante sua viagem para realizar exames. Luciano destacou que existe uma grande possibilidade de que o mesmo não tenha pegado a doença fora de Camaquã, e sim saído da cidade já com a doença. Ainda segundo Luciano, o mesmo está internado por outros complicações de saúde previamente adquiridas mas passa bem e em breve, deve receber alta.

O prefeito Ivo de Lima Ferreira afirmou que a chegada das Unidades de Terapia Intensiva (UTI's) em Camaquã é uma prioridade do Governo Federal e Estadual e assim que a liberação foi feita, Camaquã poderá "subir" de bandeira, com restrições mais brandas. "Vamos manter o isolamento, vamos manter o distanciamento, vamos usar as proteções", pediu Ivo.

Confira a coletiva completa:

deixe seu comentário