Educação e Cultura

Furg lança 20ª edição da Mostra da Produção Universitária

Período de inscrições para apresentação de trabalhos inicia 09 de agosto
Por: Renata Ulguim | Publicado: 03/08/2021 às 08:58 | Alterado: 10/08/2021 às 23:26 | Fonte: Secretaria de Comunicação - Secom | FURG
Furg lança 20ª edição da Mostra da Produção Universitária. Foto: Divulgação
Furg lança 20ª edição da Mostra da Produção Universitária. Foto: Divulgação

Um dos eventos mais tradicionais da Universidade Federal do Rio Grande (Furg) chega a sua vigésima edição neste ano. A Mostra da Produção Universitária (MPU), acontece de 24 a 26 de novembro e pelo segundo ano será realizada de forma totalmente online.

Estudantes de graduação, pós-graduação, servidores e comunidade externa podem submeter trabalhos a partir da segunda-feira, 09, pelo site. Mostra contempla diferentes eventos, como o Congresso de Iniciação Científica (CIC), o Seminário de Extensão (EXT), o Encontro de Pós-graduação (EPG), o Seminário de Ensino (ENS), o Simpósio de Cultura (SimCult), a Feira de Inovação Tecnológica (Fitec) e ainda o Salão de Indissociabilidade (SI).

Clique aqui e receba as notícias no seu WhatsApp

Integração online

Na edição anterior, a organização da MPU precisou ser reinventada para que pudesse ocorrer. A comissão anterior trabalhou de modo muito atento e sensível para realizá-la no formato online, sem que isso acarretasse dificuldade de participação por parte dos estudantes. De acordo com o diretor de Extensão, da Pró-reitoria de Extensão e Cultura (Proexc), André Lemes, "o resultado foi bem positivo, diante dos problemas impostos pela pandemia. Neste ano, o processo de organização foi mais tranquilo, pois estamos utilizando a base já construída e estamos fazendo os ajustes nas limitações apontadas na edição anterior. Na edição deste ano, vamos avançar com a integração do Sistema MPU com o AVA FURG, para execução do evento. Isso vai facilitar o acesso dos participantes, já ambientados por conta das aulas remotas. Nosso grande desafio é oportunizar que o evento tenha mais qualidade e facilidade de acesso para todos e todas", projeta Lemes.

SISU 2021/2: Começa nesta terça-feira as inscrições para o 2º semestre

Tradição que se reinventa

"Sempre digo que a MPU é o maior evento de integração e compartilhamento do conhecimento científico produzido pela FURG. Há 20 anos, decidimos integrar os diferentes congressos e seminários da pesquisa, extensão e ensino, transformando num evento único. A MPU surge para integrar e consolidar a indissociabilidade no fazer acadêmico. E ao longo da sua história, vem incorporando outros eventos que dialogam com os tempos e desafios que vivemos", comenta o diretor da Proexc.

A extensão em destaque

A cada edição, uma área fim da universidade é destacada. Nesta 20ª edição, a extensão será a área em destaque. Assim, a comissão organizadora tem articulado um conjunto de iniciativas para dar destaques aos extensionistas da universidade.

Lemes conta que, "além de destacar um extensionista como homenageado, iremos fazer distinções com menções honrosas em cada uma das unidades acadêmicas. Uma forma que encontramos para reconhecer o trabalho de cada uma das nossas unidades. Estamos trabalhando para que essa edição seja especial e que estudantes, docentes, técnicos e comunidade participantes se sintam mais uma vez acolhidos pela nossa universidade".

Senac Camaquã divulga super promoção para a semana do Dia dos Pais

Memórias, resistências e transformação

O Tema da edição 2021, "Entre memórias e reinvenções: resistências que transformam" - MPU 20 ANOS, faz menção às diversas resistências pelas quais todos passaram durante a pandemia e as reinvenções e transformações que foram necessárias para superar esse difícil contexto. E tudo isso com base nos 20 anos de memórias da MPU.

Sobre a escolha do Tema, Lemes diz que, "chegamos a esse tema depois de um amplo debate junto ao Comitê de Extensão e à Comissão Organizadora da 20ª MPU. A Mostra nasceu da união de diferentes eventos, há 20 anos. E de lá pra cá fomos nos reinventando a cada edição, acrescentando novos seminários e a própria dinâmica da mostra, antes extremamente competitiva e agora mais colaborativa. Por isso preservar a memória da MPU é preservar a memória da própria Furg. Nesse sentido, entre as nossas memórias e reinvenções, nos transformamos e ainda resistimos diante desse cenário todo de ataque à produção do conhecimento, de negação do conhecimento científico que temos enfrentado nos últimos anos, e mais latente agora nesse momento de pandemia. O tema traz esses elementos para demarcarmos a 20ª edição da MPU", finaliza André.
deixe seu comentário