Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • _26345 banner topo 970×90 px (PNG)
  • banner felice 2

PT não quer PP e PP não quer PT: os conflitos entre Direita x Esquerda na política camaquense


Por Pablo Bierhals Publicado 28/04/2024
 Tempo de leitura estimado: 00:00
imagem 1280×720 (11)
Vereador Claiton Silva (PDT) à esquerda e vereador Vitor Azambuja (PP) à direita. Os dois representaram seus partidos na edição deste sábado (27) do Controle Geral.

Para quem acompanha o cenário político municipal de Camaquã, é bastante claro que Partido dos Trabalhadores (PT) e Progressistas (PP) não pretendem participar de uma mesma coligação. Em outros municípios, como é o caso de Chuvisca, o atual prefeito Joel Subda (PSB) contou com o apoio dos dois partidos em 2020.

Em um contexto nacional, onde o país é presidido por Lula (PT), há uma aproximação de diversos parlamentares do PP com o Governo Federal. O atual ministro de Esportes, André Fufuca (PP), é a prova disso. Arthur Lira (PP), presidente da Câmara, já chegou a dizer que o partido é base do governo. Entretanto, política municipal é municipal. Em Camaquã, há uma desavença de aparência insuperável entre militantes do PT e militantes do PP, envolvendo posições políticas fortes e divergentes de ambos os lados: herança de 2022.

O vereador e presidente do PP em Camaquã, Vitor Azambuja, em entrevista ao Controle Geral deste sábado (27), deixou claro que também existem divergências entre PP e PDT, mas a união, segundo ele, não é ideológica e sim por um projeto para Camaquã. Pela desavença mencionada acima, a mesma união atualmente não é possível com o PT.

O Partido Democrático Trabalhista (PDT), por outro lado, tenta superar qualquer divergência histórica e ideológica por uma uma união mais ampla dos partidos de oposição. De acordo com a fala do vereador Claiton Silva, o PDT ainda tem esperanças de trazer o PT para aliança, assim como seguem as conversas com o Partido Liberal (PL), que está do outro lado no espectro político. O Partido Social Democrático (PSD), de centro, é o mais próximo da coligação.

PT não quer PP e PP não quer PT

Os militantes do PT já expressaram sua certeza em não participar da aliança. Em uma edição recente do Bom Dia Camaquã, na quarta-feira (24), o ex-vereador Marco Longaray (PT) chegou a comentar que o pré-candidato trabalhista, Renato Nogueira, devia ter “tomado o santo-daime” ao cogitar a entrada do PT na coligação.

Os dois pré-candidatos, de PDT e PP, estavam no programa. Quando questionado sobre a esperança do PDT em ainda contar com o apoio do PT, o pré-candidato Marcos Maranata (PP) desconversou. Para bons entendedores, ficou claro que o PDT é o máximo à esquerda que o partido aceita ir. O foco agora é fechar com PL e PSD.

Quem achou que o PDT seria um elo que uniria os dois extremos, estava enganado. PT não quer PP e PP não quer PT, ambos por questões ideológicas. Sendo assim, neste momento, certamente não veremos uma coligação com PP e PT em Camaquã, mas há 10 anos quem diria que PP e PDT estariam juntos?

Aliança entre PDT e Progressistas

Na última semana, PDT e PP anunciaram a aliança histórica entre os dois partidos. Agora, na prática, só falta definir quem será o vice de quem. A escolha é entre Marcos Maranata (PP) e Renato Nogueira (PDT) e deve envolver pesquisas com os eleitores, novas reuniões e a opinião dos outros partidos que ainda entrarão na coligação.

Para quem não lembra, durante décadas, o grande páreo da política camaquense era entre os dois partidos.

Durante entrevista concedida na última quarta-feira (24), o pré-candidato dos trabalhistas, Renato Nogueira, destacou que a aliança foi um processo natural, construída em cima de um discurso e não o contrário. Os dois partidos foram unidos pelas semelhanças durante os anos de oposição ao PSDB, do atual prefeito Ivo.

A ordem de composição da chapa deve ser definida até final de maio.

Do outro lado

O lado que apoia a continuidade dos tucanos no poder também tem “contradições ideológicas” se formos levar em conta os estatutos dos partidos e o cenário político nacional. A aliança que apoia os pré-candidatos Abner Dillmann e Luciano Cabeça também tem partidos dos dois lados do espectro político.

Atualmente, a chapa conta com a Federação PSDB Cidadania, MDB, União Brasil, Republicanos e PSB. Este último citado é o Partidos Socialista Brasileiro, do atual vice-presidente da República, Geraldo Alckmin. Não é uma coligação totalmente concentrada no campo da centro-direita e direita.

A questão é que, nos cenários políticos municipais, essas ideologias raramente são levadas em conta. A administração municipal costuma ser muito mais prática do que ideológica.

Conclusão

Estamos no dia 28 de abril de 2024. O eleitor tem até o dia 8 de maio para regularizar seu título e até o dia 6 de outubro para decidir em quem depositar seu voto para prefeito(a) e vereador(a). Até lá, é importante ficar atento ao debate político e promessas que estão ou não ao alcance dos cargos.

É importante saber as diferenças entre cargos no Legislativo e no Executivo. Nos próximos dias, aqui no Clic Camaquã, uma série de reportagens vai abordar os deveres de cada agente político.

O voto é secreto e deve ser decidido de forma consciente.

Pablo Bierhals | chefe de redação do Clic Camaquã | contato @ cliccamaqua.com.br


  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • globalway (1)
  • _26345 banner topo 970×90 px (PNG)
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • banner felice 2
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111