Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • clarão—970×90
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)

O Julgamento


Por Redação Clic Camaquã Publicado 30/01/2018
Ouvir: 00:00

Quando escrito este artigo, ainda estava iniciando, exatamente no dia, ou seja, quarta-feira, o exame pelo Egrégio TRF da 4ª Região, relativo à apelação interposta pelo ex-presidente LULA sobre a condenação que recebera em razão da longa e sinuosa “estória” do triplex situado em Guarujá, São Paulo.

 

            O famoso “triplex” esmiuçado demais pela mídia e que surgiu nas sérias investigações que a OPERAÇÃO LAVA JATO, promove no Brasil desde que descobertos os desvios de “bilhões” de reais da PETROBRÁS. Desvios que a quadrilha montada durante os “governichos” petistas que assolaram o País, locupletou-se em detrimento ao provo brasileiro.

 

            A brilhante sentença do paladino da Justiça, Juiz Sérgio Moro que condenou o famigerado ex-presidente, não merece retoque. Aliás, o magistrado foi magnânimo na fixação da pena. Somente 09 anos e meio. Ao exame do longo andamento do processo que tramitou em Curitiba, como foi divulgado pela mídia, merecia pena muito maior.

 

            A negativa de que o imóvel pertence, ou pelo menos foi essa intenção, ao ex-presidente, segundo todo o Brasil apreciou nos noticiários, está sobejamente demonstrado com a investigação feita pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal e nos documentos e depoimentos colhidos no processo conduzido pelo Juiz Sérgio Moro.

 

            LULA nega. Diz que o imóvel não é seu. Seus defensores também. O “triplex” não está registrado em nome dele, logo não é dele. Entretanto, como bem apenhou o culto Magistrado, a propriedade, ou intenção de ser dono, ou atos praticados como senhor do imóvel e informações prestadas pela empreiteira que o bem foi destinado para ex mandatário, como presente ou pagamento por concessões de obras públicas, é suficiente para demonstrar o crime de violação do erário público. A condenação se impunha.

 

            Terminado o julgamento em 1ª instância, a defesa do “homem mais honesto que existe neste país”, segundo proclamava LULLA, disse que a condenação não cabia, que seu cliente era inocente e que iria provar isso na APELAÇÃO para 2ª instância. ORA quem é inocente logo quer que seu apelo seja julgado. Entretanto, quando o TRF marcou o julgamento, a inusitada defesa disse que o julgamento está sendo acelerado. AFINAL de contas não provou no recurso que o réu é inocente. Então que julguem logo. Aí o ilustre defensor de LULA, não quer pressa. POIS BEM, quer ou não quer que o recurso seja examinado pelos Desembargadores?

 

            ASSIM é que, quando escrevi estas linhas o julgamento apenas estava começando. Não se sabia o resultado. Pessoalmente minha esperança era que fosse mantida a condenação e ampliada a pena. Não é verdade?


  • clarão—970×90
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • globalway (1)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335