Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • globalway (1)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)

A dança das cadeiras


Por Redação Clic Camaquã Publicado 10/06/2017
Ouvir: 00:00

Já virou rotina nos informativos diários da mídia escrita, radiofônica e televisionada, além da mídia pessoal via “internet” às sucessivas movimentações jurídicas de incansáveis processos contra a institucionalizada corrupção nacional. Em todos os níveis. Prevalecendo o federal.

Sexta feira foi a prisão do ex Ministro de Temer, Eduardo Alves, integrante do PMDB do Rio Grande do Norte, e alguns nomes a ele ligados. Sempre que se movimenta um noticiário, fica-se na espera que mais alguma denúncia do Ministério Público ou da Polícia Federal venha à tona. Ou que algum outro ex-personagem da República seja preso.

O destaque de segunda-feira para cá é o julgamento no TSE da cassação da chapa da última eleição, DILMA – TEMER, denúncia efetuada após o segundo Turno das eleições de 2014, pelo Diretório Nacional do PSDB. Imagine-se um resultado desastroso para o atual Presidente Temer em decorrência dessa denúncia.

Se houver cassação da CHAPA em um todo, eis que não se separa o Vice do Titular, segundo as orientações jurídicas e a interpretação da legislação eleitoral, ela será resultado de um Partido que hoje integra a base aliada ao Presidente. E que, como o último, ajudou a derrubar Dilma. QUE CONFUSÃO, não é?

Ocorre que exatamente isso é possível de acontecer. E se ocorrer, como ficarão os aliados Temer e PSDB, já que o PMDB é diretamente interessado por ser o Partido do Presidente atual.

E o pior, caso ocorra, como ficará a substituição. Em primeiro lugar para o Presidente da Câmara, que pertence ao DEM e que se mostra um pouco frágil no comando daquela Casa Legislativa. Na vaga desse o Presidente do Senado, que é do PMDB, mas, também é investigado na OPERAÇÃO LAVA JATO. Na substituição desse último, sobra para a Presidente do STF, Ministra Carmem Lúcia.

E o mandado será até que se convoquem eleições gerais. E essas ou serão indiretas, via Congresso Nacional, que é a possibilidade mais provável, ou diretamente pelo povo para um novo Presidente (e Vice) com mandato tampão até 31 de dezembro de 2018. Caso em que haverá nova eleição em outubro do próximo ano.

Verdadeira DANÇA DAS CADEIRAS em um momento de crise institucional. Não somente política e de ética e moral, como também econômica. Enfim quem será o salvador da Pátria a sentar na Cadeira principal do Executivo maior do Brasil?


  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • globalway (1)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335