Política

Justiça Eleitoral cassa os mandatos do prefeito de Uruguaiana e do seu vice

Segundo o MP-RS, investigações apontam desvio de recursos públicos em contrato de limpeza urbana firmado entre a prefeitura e uma empresa
Por: Redação/Clic Camaquã | Publicado: 30/11/2021 às 14:34 | Alterado: 07/12/2021 às 15:26 | Fonte: Jornal O Sul
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A pedido do MP-RS (Ministério Público do Rio Grande do Sul), a Justiça Eleitoral determinou a cassação dos mandatos do prefeito de Uruguaiana, Ronnie Peterson Colpo Mello (PP), e do vice-prefeito do município, José Fernando Tarragó (Republicanos), por captação e gastos ilícitos de recursos para fins eleitorais.

Segundo o MP-RS, as investigações apontam um esquema de desvio de recursos públicos em contrato de limpeza urbana firmado entre a prefeitura e uma empresa sediada em Santa Catarina, que presta serviços desde 2017 ao município.

“A empresa promovia a contratação de empregados fantasmas, inflando os valores recebidos pelo contrato e repassando parte deste valor indevido para o financiamento da campanha eleitoral dos agentes públicos”, informou o MP-RS.

“Tal decisão é baseada em elementos infundados, inverídicos”, afirmou o prefeito, que nega as irregularidades. Cabe recurso da decisão judicial.


deixe seu comentário