Polícia

URGENTE: Jovem invade escola e mata crianças no Oeste de Santa Catarina

Segundo a Polícia Civil, ele usou uma faca para matar três estudantes e uma professora na cidade de Saudades
Por: Elias Bielaski | Publicado: 04/05/2021 às 11:38 | Alterado: 11/05/2021 às 19:49 | Fonte: G1 e NSC Total
Foto: G1 / Reprodução
Foto: G1 / Reprodução
Foto: G1 / Reprodução
Foto: G1 / Reprodução

Na manhã desta terça-feira, 4 de maio, um ataque deixou três crianças e uma professora mortas em Santa Catarina. De acordo com a Polícia Civil, um jovem invadiu uma escola e com o uso de uma faca, matou três estudantes e uma professora na cidade de Saudades, no Oeste de Santa Catarina.

Em entrevista ao G1, o delegado regional de Chapecó, Ricardo Newton Casagrande, confirmou que o adolescente entrou na escola, que fica no Centro do município, e atingiu as vítimas com um facão.

ClicRádio e Afubra sorteiam dois smartphones.

De acordo com o 2º Batalhão da PM de Chapecó, que presta apoio na ocorrência, por volta das 10h35 várias ligações foram feitas de moradores e funcionários pedindo socorro no local. Confira os vídeos gravados por internautas:

As imagens mostram a frente da Escola de Educação Infantil Pró-Infância Aquarela, onde a Polícia realizou o isolamento da área após o atendimento das vítimas. No local, é possível notar a grande movimentação e o desespero dos pais dos alunos. 

O crime chocou a cidade de Saudades, que possui cerca de 10 mil habitantes e está localizada a 600 quilômetros da capital catarinense, Florianópolis. A cidade fica perto de Chapeço, principal cidade do Oeste catarinense.

Receba as notícias do Clic no seu celular.

A Polícia Militar de Santa Catarina prestou auxílio ao ocorrido e segue em frente à escola. As vítimas, três crianças e uma professora, chegaram a ser socorrida mas não resistiram aos ferimentos. 

Confira o comunicado emitido após o ataque:

"A Cre/Copom recebeu diversas ligações informando que um masculino entrou armado de arma branca tipo (facão), na Creche Aquarela Berçário - município de Saudades/SC, diversas ligações pedindo socorro da polícia, que o indivíduo estaria golpeando alunos e professores", informou a PM.