Polícia

Mãe ameaça matar filha de 10 anos para proteger marido estuprador

A investigação apurou que os estupros ocorridos na cidade de Sapiranga duraram quatros
Por: Elias Bielaski | Publicado: 17/07/2021 às 13:01 | Alterado: 24/07/2021 às 23:55 | Fonte: Agência GBC
Foto: Polícia Civil / Divulgação
Foto: Polícia Civil / Divulgação

A Polícia Civil segue investigando o caso de pai e mãe presos por estupro de vulnerável na última quinta-feira (15), em Sapiranga, no Vale do Sinos. A vítima era a filha do casal, de 10 anos.

Quer ganhar um rancho do Krolow? Clique aqui!

A investigação apurou que os estupros duraram quatros.

Nesse período, a mãe da vítima sabia de tudo e ainda assistia o crime.

Numa tentativa de proteger o marido, a mulher tentou dificultar o trabalho dos policiais.

Ela chegou ao ponto de ameaçar matar a própria filha, caso ela não mudasse o depoimento e inocentasse o pai.

Quer ganhar uma pizza Frazione? Clique aqui!

Para os policiais, a criminosa disse que a vítima tinha problemas mentais e estava inventando os fatos.

Os estupros aconteciam, praticamente, todos os dias.

Os dois foram presos por estupro de vulnerável.

O casal não teve nomes divulgados em virtude da Lei de Abuso de Autoridade (nº 13.869), que neste caso, também preserva a identidade da vítima.

Baixe agora o aplicativo da ClicRádio.

deixe seu comentário