Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • _26345 banner topo 970×90 px (PNG)
  • globalway (1)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • banner felice 2
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335

Viúva de Barbosa Lessa, Nilza Lessa morre aos 89 anos

Nilza Lessa fez história no Rio Grande do Sul ao ser a primeira mulher patrona dos festejos farroupilhas; ela será velada em Porto Alegre


Por Redação Clic Camaquã Publicado 02/08/2022
 Tempo de leitura estimado: 00:00
Nilza Lessa morreu aos 89 anos
Nilza Lessa morreu aos 89 anos. Foto: Arquivo Pessoal

Faleceu nesta terça-feira, 2 de agosto, Nilza Lessa, a viúva do escritor Barbosa Lessa. Os atos fúnebres acontecem nesta quarta, 3 de agosto, a partir das 12h, no crematório Angelus (Av. Porto Alegre, 320, bairro Medianeira, na capela 01), em Porto Alegre. 

Natural de Santana do Livramento, Nilza foi professora, produtora de TV e de eventos, gerente da Churrascaria do CTG 35 e dona de loja de artigos gauchescos na Capital.

Aos 79 anos, fez história no Rio Grande do Sul ao ser a primeira mulher patrona dos festejos farroupilhas de setembro. Em virtude desta história, diversos CTG’s lamentaram sua partida:

Desde sempre foi uma presença ativa na preservação dos costumes gaúchos.

A viúva do escritor, folclorista e historiador Barbosa Lessa, falecido em 2002, foi escolhida por unanimidade pela comissão que organiza a celebração em 2012.

A homenagem é concedida desde 2005 a pessoas de expressão na cultura local.

No começo deste ano, concedeu entrevista ao canal TV Tradição, e dentro da série “Nos Caminhos da História“, falou sobre o tradicionalismo gaúcho. Assista:

Aliás, foi em um congresso sobre Tradicionalismo Gaúcho que Nilza e Barbosa Lessa se conheceram, em 1956, na cidade de Ijuí.

No baile do evento, entre um xote e outro, se apaixonaram. Na ocasião, ela morava em Uruguaiana e ele em São Paulo. Casaram-se quatro ano depois. Nilza se casou com o escritor e poeta Luiz Carlos Barbosa Lessa, em 1961.

A lua de mel foi no Rio de Janeiro e depois disso ambos se mudaram em definitivo para a capital paulista. Com ele, teve dois filhos: Guilherme e Valéria.

Por anos, viviu com o marido no Sítio da Água Grande, no interior de Camaquã, ponto turístico que hoje recebe turistas de todo o Estado, que visitam a bela Cascata do Barbosa Lessa.

Atualmente, Nilza residia em Porto Alegre.


  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • _26345 banner topo 970×90 px (PNG)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • banner felice 2
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • globalway (1)