Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • UNIFIQUE CMQ – Banner 970x90px
  • WhatsApp Image 2024-04-02 at 17.18.51
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • cq-01
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • globalway (1)

Três longas gaúchos estreiam nas salas de cinema

"Casa Vazia", "Depois de Ser Cinza" e “Despedida” estão nas telonas, evidenciando a força das produções atuais


Por Redação/Clic Camaquã Publicado 09/08/2023
 Tempo de leitura estimado: 00:00
Foto: Divulgação Panda Filmes

Nesta semana, três longas gaúchos estrearam nas salas de cinema, tornando o início de agosto uma ocasião especial para o audiovisual do Estado. Dois deles estão em cartaz na Cinemateca Paulo Amorim: Depois de ser cinza, de Eduardo Wannmacher, e Casa vazia, de Giovani Borba. Na Cinemateca Capitólio, o destaque é Despedida, de Luciana Mazeto e Vinícius Lopes.

“É uma coincidência incrível, que demonstra a força da nossa produção e a importância do incentivo ao audiovisual por meio das políticas públicas”, comenta Borba. O cineasta esteve na presente na pré-estreia de Depois de ser cinza, que lotou a Sala Paulo Amorim.

A diversidade de temas e formatos das três produções também é destaque. Casa vazia se passa na imensidão do pampa e retrata a realidade de uma população empobrecida em uma das áreas mais ricas do Rio Grande do Sul. Depois de ser cinza é um drama contemporâneo sobre relacionamentos que acompanha os dilemas de um homem em três momentos distintos da vida. Já Despedida é uma história de fantasia sobre uma jovem na busca de respostas para os mistérios relacionados a sua avó, considerada uma bruxa.

A estreia dos filmes ocorre às vésperas do Festival de Cinema de Gramado. Além da tradicional mostra de curtas gaúchos, o público poderá assistir a cinco títulos inéditos na competição de longas – um deles, O acidente, dirigido por Bruno Carboni, estreia no circuito já no final de agosto.

Além disso, a cena audiovisual gaúcha tende a se tornar ainda mais relevante nos próximos meses, com a finalização dos projetos vencedores do FAC Filma RS, que distribuiu R$ 12 milhões para a produção de curtas e longas; e a distribuição de cerca de R$ 200 milhões que virão com os editais da Lei Paulo Gustavo, a maioria voltados para o conteúdo audiovisual. Serão R$ 44 milhões que repassados pela Sedac apenas no inciso I da lei, que se refere aos investimentos em produção. Além disso, o setor receberá recursos para salas de cinema espalhadas pelo Estado, festivais, mostras e atividades formativas, como também apoio a micro e pequenas empresas de audiovisual.

Durante o mês de agosto, a Sedac, por meio do Instituto Estadual de Cinema (Iecine), correaliza dois mercados audiovisuais. Os mercados são eventos nos quais produtoras e canais de TV ou streaming interessados em produzir ou adquirir obras audiovisuais fazem reuniões com realizadores, roteiristas ou produtores. O objetivo é conhecer projetos e negociar a compra ou o licenciamento da obra.

O primeiro mercado é a 7ª edição do Conexões Gramado Film Market, em parceria com a Gramadotur e com o governo federal – por meio da Agência Nacional do Cinema (Ancine) –, no 51º Festival de Cinema de Gramado. As inscrições para as atividades são gratuitas e estão abertas no site.

O segundo é o III Mercado Audiovisual Entre Fronteiras, que ocorre no dia 31 de agosto em Assunção, no Paraguai. Irão participar o Iecine e quatro realizadores selecionados em convocatória. A iniciativa visa promover negócios entre os países que fazem parte da região missioneira, buscando a integração e o fortalecimento da produção audiovisual internacional da região.

Fonte: Ascom lecine


  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • globalway (1)
  • UNIFIQUE CMQ – Banner 970x90px
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • WhatsApp Image 2024-04-02 at 17.18.51
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • cq-01