Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • clarão—970×90
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • globalway (1)

Morre documentarista que passou um mês comendo apenas McDonald’s

Morgan Spurlock ficou conhecido quando mostrou sua experiência de passar um mês comendo apenas lanches do McDonald’s


Por Kathrein Silva Publicado 24/05/2024
Ouvir: 00:00
PNG (7)
Foto: Andrew de La Rue/ Morre documentarista que passou um mês comendo apenas McDonald’s

Morreu nesta quinta-feira (23) o documentarista Morgan Spurlock, de 53 anos, em Nova York, nos Estados Unidos. Spurlock era diretor do documentário Super Size Me: A dieta do Palhaço, no qual passou um mês comendo lanches do McDonald’s, ele lutava contra um câncer.

Morgan ficou conhecido quando mostrou sua experiência de passar um mês comendo apenas lanches do McDonald’s. Eram apenas três refeições por dia e pedia sempre o maior menu, o “super-size”, somando um total de cerca de cinco mil calorias. Na época, o filme foi indicado ao Oscar de Melhor Documentário. Ao final de 30 dias, Spurlock afirmava ter engordado 11kg quilos, sofrer de depressão e disfunção hepática.

A morte do diretor foi confirmada por sua família em um comunicado:

“Foi um dia triste, quando nos despedimos do meu irmão Morgan. Morgan deu muito através de sua arte, ideias e generosidade. Hoje o mundo perdeu um verdadeiro gênio criativo e um homem especial. Estou muito orgulhoso de ter trabalhado junto com ele”, disse Craig Spurlock, que trabalhou com o irmão em vários projetos.

O documentarista Morgan Spurlock tinha 53 anos, nasceu em 7 de novembro de 1970, em Parkersburg, nos Estados Unidos da América, Spurlock se identificava como agnóstico. Ele se formou em cinema pela Universidade de Nova York, em 1993 e foi casado duas vezes. Ele deixa dois filhos, Laken e Kallen, além dos dois irmãos e dos pais, ainda vivos.

“I Bet You Will” foi o primeiro trabalho de Morgan: uma série online em que pessoas realizavam desafios em troca de dinheiro. “Where in the world is Osama Bin Laden”, “One Direction: This Is Us” e “Super Size Me 2: Holy Chicken” são algumas das outras obras mais conhecidas do realizador que, ao longo da sua carreira, produziu aproximadamente setenta obras, entre documentários e séries televisivas.


  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • clarão—970×90
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • globalway (1)
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494