Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • _26345 banner topo 970×90 px (PNG)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • banner felice 2
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664

Funcionários do HNSA fabricam equipamento que salva muitas vida durante a pandemia

Álvaro Hubner e Augusto Fagundes construíram aparelho que custa cerca de R$50 mil, reutilizando ventiladores e peças da engenharia clínica que não estavam sendo utilizados no hospital


Por Redação Clic Camaquã Publicado 28/08/2021
 Tempo de leitura estimado: 00:00

Colaboradores do Hospital Nossa Senhora Aparecida (HNSA) de Camaquã desenvolveram um aparelho que colaborou para salvar muitas vidas durante a pandemia de Covid-19. O sistema de alto fluxo de oxigênio foi reproduzido por Álvaro Hubner e Augusto Fagundes.    

O aparelho foi reproduzido através de alguns estudos, análise de imagens e vídeos de um aparelho que já existe no mercado, a cânula nasal de alto fluxo (CNAF), que custa aproximadamente R$50 mil se comprado. Eles utilizaram materiais que o HNSA já tinha para desenvolver o aparelho. 

O aparelho oferece alto fluxo de oxigênio, produzindo até 60 litros de oxigênio por minuto, com uma fração inspirada de 100% de oxigênio. O aparelho foi produzido a partir de ventiladores e peças da engenharia clínica que não estavam sendo utilizados no hospital. 

De acordo com Álvaro, o aparelho foi de grande utilidade durante o pico de atendimentos de pacientes com Covid, pois colaborou para reverter o quadro de insuficiência respiratória, evitando uma intubação. Também ajudou nos momentos em que os pacientes precisavam aguardar por leitos de UTI, dando tempo para aguardar o atendimento no HNSA ou ser encaminhado para outras cidades. 

A cada 10 pacientes que utilizaram o recurso, 6 não evoluíram para intubação. Confira a reportagem completa do repórter Igor Garcia: 


  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • banner felice 2
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • globalway (1)
  • _26345 banner topo 970×90 px (PNG)