Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • WhatsApp Image 2024-02-01 at 16.56.45
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • 2024 BANNER TOPO CAPA DE SITE DIA DE CAMPO DESKTOP
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • cq-01
  • globalway (1)

Estado de emergência zoossanitária para enfrentamento da gripe aviária é prorrogado no RS

Estado não identifica novo foco da doença há mais de 40 dias. Vírus atingiu principalmente mamíferos marinhos da costa do RS, o que motivou a declaração de emergência em julho de 2023


Por Kathrein Silva Publicado 23/01/2024
 Tempo de leitura estimado: 00:00
Design sem nome – 2024-01-23T085303.087
Foto: Jornal Nacional/ Reprodução

O estado do Rio Grande do Sul prorrogou o estado de emergência em saúde animal para enfrentamento da gripe aviária, que encerraria no fim de janeiro, para o dia 22 de julho de 2024.  A emergência zoossanitária foi declarada em julho de 2023, com validade de 180 dias.

Segundo a Secretaria da Agricultura, Pecuária, Produção Sustentável e Irrigação (Seapi), a medida acompanha a decisão do Ministério da Agricultura e Pecuária, que também prorrogou a situação de emergência em todo o país pelo mesmo período.

Segundo o governo, não há nova confirmação de foco da doença há mais de 40 dias. No ano passado, o aparecimento de mamíferos marinhos mortos ou doentes no Litoral do RS fez com que a situação de emergência fosse declarada, e medidas, como o enterro dos animais vitimados, fossem tomadas. No total, 955 animais, entre lobos e leões marinhos, com a suspeita da doença foram identificados em todo ano.

O primeiro foco do vírus em mamíferos marinhos do Brasil em 2023 foi no RS, quando a doença foi detectada em leões marinhos da praia do Cassino, em Rio Grande, Litoral Sul do estado. O estado ainda teve uma ave marinha encontrada morta em São José do Norte. Segundo o governo, foi a única ave com suspeita do vírus registrada no estado. Não há registro da doença na avicultura comercial ou na de subsistência.

Gripe Aviária

De acordo com a CNN, A influenza ou gripe aviária é uma doença viral considerada altamente contagiosa que, normalmente, afeta aves domésticas e silvestres, provocando problemas respiratórios nelas. Eventualmente, a doença também pode acometer mamíferos como ratos, gatos, cães, cavalos, suínos, além do ser humano, segundo o Ministério da Saúde.

A infecção em humanos ocorre por meio do contato com aves doentes ou superfícies contaminadas com excreções desses animais: saliva, secreções nasais ou fezes. Nas pessoas, os sintomas são mesmos de uma gripe comum, e o tratamento de humanos com gripe aviária é feito com remédios antivirais comuns.

Emergência sanitária

Com a emergência zoossanitária em vigor, é possível agilizar questões administrativas e jurídicas para aquisição mais rápida de equipamentos e produtos quando necessário ou para acessar recursos disponíveis para o combate à doença, por exemplo.

“Como a avicultura soma o maior valor bruto da produção agropecuária do Rio Grande do Sul, apesar da redução dos registros de mortalidade de animais silvestres, o Serviço Veterinário Oficial permanece em alerta, com o monitoramento da influenza aviária em todo o Estado e com ações de vigilância e de educação sanitária”, destaca Francisco Lopes, diretor adjunto do Departamento de Vigilância e Defesa Sanitária Animal da Seapi.


  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • 2024 BANNER TOPO CAPA DE SITE DIA DE CAMPO DESKTOP
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • cq-01
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • WhatsApp Image 2024-02-01 at 16.56.45
  • globalway (1)