Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • cq-01
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (2)
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • 2024 BANNER TOPO CAPA DE SITE DIA DE CAMPO DESKTOP
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • globalway (1)

Confirmada a adição de substância proibida em mistura para bolos no estado

Laudos indicam que dois moinhos teriam feito adição de Bromato


Por Redação/Clic Camaquã Publicado 14/06/2014
 Tempo de leitura estimado: 00:00

Pelo menos dois moinhos gaúchos têm laudos positivos para adição de bromato de potássio a misturas para bolo. De cinco amostras coletadas em maio por fiscais federais agropecuários do Ministério da Agricultura (Mapa), quatro indicaram a presença da substância, potencialmente cancerígena proibida no país, usada como melhorador de crescimento em massas. Entretanto, a adição de bromato à farinha de trigo ainda não foi constatada. 

Os resultados já foram encaminhados à Vigilância Sanitária, responsável pela fiscalização de subprodutos, como as misturas para bolo. Um relatório será enviado ao Ministério Público (MP) Estadual. Os nomes das indústrias não foram divulgados.

A fraude chegou à Superintendência do Mapa no RS por meio de denúncia recebida em 2013, indicando a presença do químico em pães. Segundo o chefe do Serviço de Inspeção Vegetal do Mapa/RS, José Fernando Werlang, até o momento, três laudos de análise tiveram resultado negativo. A coleta de amostras de farinha prossegue. Procurado, o presidente do Sinditrigo, José Antoniazzi, preferiu não se pronunciar.

A Secretaria da Saúde informou, por meio da assessoria de imprensa, que a Vigilância Sanitária vai apurar a prática. Contudo, ainda é preciso mapear os estabelecimentos onde serão coletadas novas amostras e identificar laboratório público apto a fazer as análises, já que as unidades do Estado não têm procedimento capaz de analisar farinha.

Entre as possibilidades está o Lacen, que poderá preparar a metodologia. A adição de bromato ao produto poderá resultar em punição, que pode ser advertência, multa ou até mesmo interdição do estabelecimento.


  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • 2024 BANNER TOPO CAPA DE SITE DIA DE CAMPO DESKTOP
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (2)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • globalway (1)
  • cq-01