Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • globalway (1)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • 2024 BANNER TOPO CAPA DE SITE DIA DE CAMPO DESKTOP
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • cq-01
  • WhatsApp Image 2024-02-01 at 16.56.45
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494

Camaquã registra focos de mosquito transmissor da Dengue no bairro Carvalho Bastos

O município não registrou casos da doença em 2024, mas no RS já há três casos de mortes pela doença


Por Kathrein Silva Publicado 11/02/2024
 Tempo de leitura estimado: 00:00
Design sem nome – 2024-02-06T101234.212
Foto: divulgação/ Prefeitura de Camaquã

O  coordenador de Vigilância em saúde Fabiano Martins participou do Controle Geral, transmitido pela Clic Rádio, deste sábado (10), onde declarou a respeito da situação da Dengue no estado e no município.

O Estado registrou na última sexta-feira (9), a terceira morte por Dengue e já  notificou 6,8 mil casos suspeitos de dengue, dos quais 3,2 mil já foram confirmados. Desse total, 2,9 mil são casos autóctones, ou seja, contraídos dentro do território gaúcho.

Durante sua fala o coordenador destacou que o município de Camaquã não possui a doença, mas já registrou a presença do mosquito Aedes aegypti, transmissor da doença, no bairro Carvalho Bastos. No ano passado o primeiro foco registrado do mosquito na cidade foi em 20 de março.

A presença recente é devido as condições climáticas, as recentes chuvas e as temperaturas do verão, que são fatores favoráveis para a proliferação do mosquito.

Fabiano também observa que é esperado que a situação da Dengue no Estado se agrave, o que já se nota em outros estados como Rio de Janeiro, Góias, Acre, Minas Gerais e também o Distrito Federal, decretarem situação de emergência.

Neste momento, o coordenador ressalta que o foco é na eliminação de vetores, como o mosquito, no qual destaca a população um cuidado com o quintal e dentro de casa, observando qualquer local que acumule água limpa, desde lonas até tampas de garrafas, tampar caixas dágua, colocar água sanitária em ralos, lavar o pote de água de animais pelo menos uma vez na semana, manter piscinas com cloro, eliminar a água dos vasos de flor.

  • Confira o áudio:

  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • cq-01
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • WhatsApp Image 2024-02-01 at 16.56.45
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • globalway (1)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • 2024 BANNER TOPO CAPA DE SITE DIA DE CAMPO DESKTOP
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494