Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • globalway (1)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)

Arambaré será beneficiada com profissionais do “Mais Médicos”

Secretária Estadual da Saúde, Sandra Fagundes recepcionou os médicos que atuarão no interior do RS


Por Redação Clic Camaquã Publicado 17/02/2014
Ouvir: 00:00

A secretária estadual da Saúde, Sandra Fagundes, participou, nesta segunda-feira (17), da recepção a mais 56 profissionais do programa Mais Médicos que chegaram ao Estado. Os médicos são diplomados fora do país e integram o terceiro ciclo do programa, com nacionalidades uruguaia, mexicana, argentina, portuguesa e brasileira.

Os profissionais seguem agora para a semana do acolhimento, como está sendo chamada. Nesse período, que será até o dia 27 deste mês, o grupo receberá informações e terá palestras sobre o funcionamento da saúde pública no Rio Grande do Sul.

“Quero dar as boas-vindas e dizer que o Governo do Estado está de portas abertas para recebê-los. Cada município conta com a ajuda desses médicos e somos parceiros neste programa”, afirmou Sandra Fagundes, que fez questão de ouvir cada um dos profissionais, que se apresentaram e contaram um pouco de sua trajetória. 

Após a capacitação sobre as políticas estaduais da Atenção Básica, Rede Cegonha, DST/Aids, Saúde Mental e equidades, os médicos irão para os municípios de Alegrete, Tramandaí, Bagé, Canguçu, Arambaré, entre outros. Eles se juntam aos 411 médicos que já atuam no Rio Grande do Sul pelo programa. 

Conforme previsto em lei, os médicos são selecionados para atuar no programa durante três anos. Nesse período, os profissionais formados no exterior terão registro profissional emitido pelo Ministério da Saúde, que lhes dará o direito de atuar exclusivamente na Atenção Básica das cidades a que forem designados, com acompanhamento de tutores e supervisores. Além disso, todos os profissionais fazem especialização em Atenção Básica, oferecida pela Universidade Aberta do SUS (Una-SUS) na modalidade de educação à distância. 

Reforço
O programa terá ainda o reforço de novos profissionais cubanos provenientes da cooperação com a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), ainda sem a confirmação do quantitativo por Estado. Os 2 mil médicos cubanos desembarcam no Brasil em janeiro em Brasília, Fortaleza e São Paulo, onde vão cursar o módulo de acolhimento e avaliação. A aprovação no módulo é obrigatória para receber o registro que autoriza a atuação no Brasil durante o programa. 


  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)