Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • globalway (1)
  • clarão—970×90
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)

227 mil pessoas no RS foram vacinadas no Dia D contra a gripe influenza

O percentual de cobertura atualmente no Estado chega a 32%, em Camaquã é de 29,1%


Por Redação Clic Camaquã Publicado 09/05/2023
Ouvir: 00:00
Foto: Agência Brasil/Divulgação

O Rio Grande do Sul registrou no último sábado (06) mais de 227 mil doses de vacinas contra a gripe influenza aplicadas no Dia D da campanha. O percentual de cobertura atualmente no Estado chega a 32%. Ao todo, 1,3 milhão de pessoas já se vacinaram contra a doença este ano.

Os dados foram compilados nesta terça-feira pelo Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs) após o prazo acordado com os municípios para que eles digitassem os dados no Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI).

A campanha ainda segue até o dia 31 deste mês. A meta é vacinar 90% dos grupos prioritários das crianças, gestantes, puérperas, pessoas com 60 anos ou mais, povos indígenas, professores e trabalhadores da saúde. Somados esses grupos representam cerca de 3,6 milhões de pessoas.

Para os demais públicos elegíveis (como as pessoas com comorbidades ou com deficiência permanente, caminhoneiros, trabalhadores de transporte, entre outros), que totalizam 1,4 milhão de pessoas, serão disponibilizadas as doses a partir de estimativas populacionais, porém, sem o estabelecimento de cobertura a ser atingida.

“A vacinação contra a influenza é uma das medidas de prevenção para proteger contra a doença, suas complicações e óbitos, além de contribuir para a redução da circulação viral na população, especialmente nos indivíduos que apresentam fatores ou condições de risco”, explica a diretora do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs), Tani Ranieri.

Vacinação contra a gripe influenza no RS em 2023 (até 09/05/23)

(veja aqui os dados por município)

Grupo Prioritário: População estimada / total de doses aplicadas (cobertura)

Crianças de 6 meses a menores de 6 anos: 753.529 / 106.457 (14,1%)

Gestantes: 93.141 / 22.078 (23,7%)

Puérperas: 15.091 / 4.218 (27,9%)

Idosos: 2.219.023 / 836.427 (37,7%)

Professores: 153.385 / 49.483 (32,3%)

Trabalhadores de Saúde: 361.210 / 117.203 (32,5%)

TOTAL GRUPOS PRIORITÁRIOS: 3.630.186/ 1.146.061(31,6%)

Vacinação população indígena

Grupo: população estimada / total de doses aplicadas (cobertura)

Povos indígenas vivendo fora das terras indígenas: 16.170 / 948 (5,9%)

Povos indígenas vivendo em terras indígenas: 18.637 / 9.204 (49,3%)

Outros grupos prioritários sem estabelecimento de meta

Grupo: população estimada / total de doses aplicadas

Caminhoneiros: 128.564 / 6.781

Pessoas com deficiência Permanente: 488.788 / 9.412

Trabalhadores de transporte: 29.034 – 3.063

Forças Armadas (membros ativos) – 38.899 / 3.905

População Privada de Liberdade: 33.699 / 7.312

Forças de Segurança e Salvamento: 28.178 / 4.258

Adolescentes e jovens em medidas socioeducativas: 1.249 / 330

Trabalhadores Portuários: 4.051 / 329

Funcionário do Sistema de Privação de Liberdade: 6.745 / 1.835

Comorbidades: 665.072 / 185.504

Outros grupos sem comorbidades: 0 / 26

TOTAL DE DOSES APLICADAS (todos grupos): 1.371.927

Fonte: painel Ministério da Saúde

A influenza e a vacina

A influenza é uma infecção viral aguda, que afeta o sistema respiratório e é de alta transmissibilidade. Os sintomas podem ser confundidos com os da covid-19.

A vacina usada na campanha é composta por três tipos de cepas do vírus Influenza (A-H1N1, A-H3N2 e B). Para adultos, o esquema é de dose única anual. Crianças abaixo dos 9 anos de idade, se estiverem fazendo a imunização para a gripe pela primeira vez, fazem duas doses, com intervalo de quatro semanas entre elas.

Ela pode ser aplicada na mesma ocasião de outras vacinas, inclusive junto da vacina contra a covid-19.

Hospitalizações e óbitos em 2023

Complicações por influenza já foram responsáveis por 213 hospitalizações por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Dessas, 76 (ou 36%) foram e idosos e outras 36 (ou 20%) foram em menores de 5 anos, duas das faixas etárias contempladas na campanha.

Até este momento, foram 16 óbitos pela doença, metade deles em pessoas com 60 anos ou mais. A presença de alguma comorbidade também estava presente em 14 dos casos que evoluíram a óbito.


  • clarão—970×90
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111