Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • globalway (1)
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • clarão—970×90
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664

Rio Grande do Sul e governo holandês encaminham cooperação para proteção contra enchentes

Governador e secretários de Estado se reuniram com equipe da Holanda


Por Pablo Bierhals Publicado 07/06/2024
Ouvir: 00:00
FOTO 180×720 (76)
Foto: Eliezer Falcão/Ascom Sedec

Em uma iniciativa inédita, os governos do Rio Grande do Sul e da Holanda, por meio do Escritório de Apoio aos Negócios no Brasil, reuniram-se na tarde desta quinta-feira (6) para discutir a maior enchente da história do estado gaúcho e promover uma troca de conhecimentos técnicos. O encontro, realizado no Centro Administrativo de Contingência (CAC), contou com a presença do governador Eduardo Leite, da secretária do Meio Ambiente e Infraestrutura, Marjorie Kauffmann, e do secretário da Reconstrução Gaúcha, Pedro Capeluppi.

Plano Rio Grande: Estratégias para Reconstrução e Adaptação Climática

A reunião faz parte do Plano Rio Grande, um programa estadual de reconstrução, adaptação e resiliência climática. Este plano visa coordenar e executar ações para mitigar as consequências sociais, econômicas e ambientais das enchentes.

“Estamos determinados a promover a reconstrução do Rio Grande do Sul e a estabelecer um plano robusto de resiliência e adaptação climática para o futuro do estado. É crucial obter todo o assessoramento técnico possível para investir de forma assertiva”, afirmou o governador Eduardo Leite.

Impacto das Enchentes e Resposta Governamental

Durante o encontro, o governador apresentou dados alarmantes sobre as enchentes de maio, que afetaram 477 dos 497 municípios do estado, impactando cerca de dois milhões de pessoas. Aproximadamente 80 mil pessoas ficaram em abrigos temporários e 172 vidas foram perdidas.

O objetivo é desenvolver um plano abrangente e específico para intervenções eficazes. “Precisamos de um estudo amplo, denso e consistente, com um plano efetivo de intervenções. Nossa responsabilidade vai além da reconstrução; devemos aplicar as melhores práticas científicas e utilizar os instrumentos mais modernos para proteger nossas cidades”, destacou Leite.

Cooperação Internacional com Especialistas Holandeses

A equipe técnica holandesa permanecerá no Rio Grande do Sul por alguns dias para estudar as realidades locais e acessar os bancos de dados disponíveis. O foco inicial será Porto Alegre, com a perspectiva de expandir a análise para todas as regiões do estado e suas bacias hidrográficas.

“A meta é definir diretrizes amplas para amortecer os efeitos sobre as bacias, beneficiando todas as regiões. A expertise da Holanda será fundamental nesse processo”, afirmou Marjorie Kauffmann.

Aprendizados da Holanda: Programa Room for the River

Inspirado pelo programa holandês Room for the River, iniciado em 2007 para combater inundações, o governo gaúcho busca implementar soluções integradas e resilientes. “Compartilhamos os desafios e as soluções para lidar com enchentes, e queremos aplicar essas lições no Rio Grande do Sul”, disse o cônsul-geral dos Países Baixos, Wieneke Vullings.

Pedro Capeluppi ressaltou a importância do planejamento integrado: “Vamos garantir uma reconstrução mais resiliente e adaptada, considerando todos os aspectos necessários. Essa abordagem holandesa será uma inspiração crucial para nosso estado.”

Enchentes no Rio Grande do Sul: Um Desafio Multidimensional

Os técnicos do Departamento de Recursos Hídricos e Saneamento da Secretaria do Meio Ambiente (Sema) apresentaram a estrutura atual de monitoramento, as peculiaridades do relevo e os efeitos das chuvas nas três bacias hidrográficas do estado: Uruguai, Guaíba e Litoral.

Com essa cooperação internacional, o Rio Grande do Sul busca estabelecer um plano eficaz de resiliência climática, aprendendo com a experiência holandesa para enfrentar futuros desafios ambientais.


  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • clarão—970×90
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111