Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • globalway (1)
  • cq-01
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • WhatsApp Image 2024-04-02 at 17.18.51
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)

Representantes do 42º Núcleo CPERS denunciam “péssimo” atendimento no IPE Saúde

Uma denúncia no Procon foi protocolada pelo sindicato contra o Sistema de Assistência à Saúde dos Servidores Públicos do Estado do Rio Grande do Sul na terça-feira


Por Pablo Bierhals Publicado 28/03/2024
 Tempo de leitura estimado: 00:00
WhatsApp Image 2024-03-28 at 08.47.20
Foto: Eduardo Costa/Clic Camaquã

O Centro dos Professores do Estado do Rio Grande do Sul (CPERS) denunciou o Sistema de Assistência à Saúde dos Servidores Públicos do Estado do Rio Grande do Sul (IPE Saúde). A denúncia foi oficializada ao Procon na terça-feira (26), pelo “péssimo” serviço prestado. Em Camaquã, uma panfletagem esta marcada para próxima segunda-feira (1), na Esquina Democrática.

Norma Dumer e Célia Rodrigues, representantes do 42º Núcleo do CPERS, concederam entrevista à Clic Rádio na manhã desta quarta-feira (28) relatando os problemas enfrentados pelos usuários do sistema.

Alguns dos problemas são listados abaixo:

  • Poucos médicos credenciados em todo o Estado
  • Constante ameaça de descredenciamento de médicos especialistas
  • Longos períodos de espera para conseguir o atendimento com especialistas, que são cada vez mais difíceis de serem encontrados
  • Cobranças realizadas pelos médicos além do valor da coparticipação cobrada pelo plano
  • Hospitais ameaçando deixarem de realizar os atendimentos, causando pânico na categoria

Segundo as representantes do 42º Núcleo do CPERS, muitos médicos se recusam atender conveniados do IPE Saúde pela baixa remuneração. Alguns chegam a propor cobrar outro valor para atender.

Em outubro de 2023, o Governo do Estado anunciou reajuste na remuneração de médicos credenciados pelo IPE Saúde, mas de acordo com Norma e Célia, o governador Eduardo Leite (PSDB) mente quando afirma que o instituto melhorou. A escolha da data, 1º de abril (dia da mentira), não é por acaso.

Atualmente, o IPE Saúde de Camaquã atende via online e no mesmo espaço da Junta Militar.

Assista abaixo a entrevista completa:


  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • WhatsApp Image 2024-04-02 at 17.18.51
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • globalway (1)
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • cq-01
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)