Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • globalway (1)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • banner felice 2
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • _26345 banner topo 970×90 px (PNG)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335

Polícia é acionada após eleitor colar tecla de urna no RS

A máquina foi danificada de forma deliberada por um eleitor durante o pleito; o caso ocorreu no Vale do Rio Pardo


Por Redação Clic Camaquã Publicado 30/10/2022
 Tempo de leitura estimado: 00:00
Foto: Ilustrativa

Polícia Federal (PF) foi acionada para investigar um suposto crime eleitoral contra uma urna eletrônica de Vera Cruz, município gaúcho do Vale do Rio Pardo, neste domingo (30). A máquina foi danificada de forma deliberada por um eleitor durante o pleito: teve uma das teclas colada, a de número 3, impossibilitando o voto dos demais eleitores no candidato que tem tal número em sua legenda.

A situação foi observada por uma pessoa que tentava votar no partido. Ela avisou os mesários, que realizaram a substituição do equipamento. Após uma primeira checagem das equipes do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RS), foi constatada a presença de rastros do grude usado para inviabilizar o uso do botão.

Com o número trancado, o equipamento acabou substituído, e será necessária a transmissão dos dados computados em ambas as urnas. O TRE-RS garante que será mantida a isonomia do processo, com o envio de todos os votos registrados. 

O ato é criminoso e pode resultar em prisão, segundo a juíza eleitoral Josiane Estivalet, da 162ª Zona Eleitoral de Santa Cruz do Sul, que abrange o município de Vera Cruz. O artigo 339 do Código Eleitoral prevê que  “destruir, suprimir ou ocultar urna contendo votos, ou documentos relativos à eleição” tem pena prevista de reclusão de dois a seis anos. Há ainda aplicação de multa.

Caso o autor do delito seja membro ou funcionário da Justiça Eleitoral, a punição é agravada, determina outro parágrafo do artigo do Código Eleitoral.


  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • globalway (1)
  • banner felice 2
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • _26345 banner topo 970×90 px (PNG)
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494