Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • 2024 BANNER TOPO CAPA DE SITE DIA DE CAMPO DESKTOP
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • WhatsApp Image 2024-02-01 at 16.56.45
  • cq-01
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)

“Nós não sabemos qual o projeto de desenvolvimento econômico do estado do Rio Grande do Sul”, afirma deputado sobre proposta de aumento de ICMS

O deputado também relatou sobre propostas discutidas na COP 28 para redução de emissão de gás carbônico


Por Kathrein Silva Publicado 15/12/2023
 Tempo de leitura estimado: 00:00
Foto: Divulgação

Durante sua participação no programa Campo em Dia, da Clic Rádio, na última sexta-feira (15), o deputado estadual Zé Nunes (PT) que esteve na COP (Conference Of the Parties) 28 em Dubai, representando a Delegação Brasileira e relatou sobre as propostas discutidas no evento para a redução de emissão de gás carbônico e sobre a proposta de aumento de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços).

O parlamentar comentou sobre a discussão relacionada aos créditos de carbono e ressaltou que em breve dentro de qualquer empreendimento terá a necessidade de medir, prever e apresentar dentro do projeto o balanço de carbono.

Zé Nunes também comentou sobre o comércio de carbono, nos quais as entidades que mais emitirem e não conseguir reduzir terão que comprar créditos para equilibrar os seus projetos. O mesmo ressalta que, as entidades que tem balanço positivo de carbono poderão vender o mesmo.

O deputado também destacou em sua participação, sobre o projeto de aumento de ICMS de 17% para 19,5%. Segundo o mesmo, está sendo feito um debate pela competitividade do Rio Grande do Sul, quando comparado aos estados de Santa Catarina e Paraná e quando comparado a muitos produtos com o Mercosul.

Nós não sabemos qual o projeto de desenvolvimento econômico do Rio Grande do Sul

De acordo com Zé Nunes, o estado tem perdido setores de indústria. O mesmo destaca que, o plano B proposto pelo governador, propõe tirar o incentivo da cesta básica e isso culminaria no encarecimento do custo de vida.

  • Confira a entrevista completa:

  • globalway (1)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • cq-01
  • WhatsApp Image 2024-02-01 at 16.56.45
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • 2024 BANNER TOPO CAPA DE SITE DIA DE CAMPO DESKTOP
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)