Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • clarão—970×90

Estado assegura atendimento de urgência nas rodovias estaduais


Por Redação Clic Camaquã Publicado 14/01/2014
Ouvir: 00:00

O Governo do Estado apresentou nesta segunda-feira (13), em entrevista coletiva, o Mapa da Cobertura do Atendimento de Urgência nas estradas estaduais. O sistema prevê a parceria entre a Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR), a Secretaria Estadual da Saúde, por meio do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), e a Brigada Militar, por meio do Corpo de Bombeiros. 

As secretarias de Infraestrutura e Logística (Seinfra), Saúde (SES), Planejamento, Gestão e Participação Cidadã (Seplag), junto com a EGR e a Brigada Militar, mostraram a distribuição geográfica da cobertura de resgate e salvamento e detalharam os serviços de atendimento médico e os investimentos previstos para 2014.

“O governo do Rio Grande do Sul nunca deixou de se preocupar com a segurança dos usuários das rodovias do Estado e uma prova disso é que estamos ampliando o atendimento nas estradas”, disse o secretário de Infraestrutura e Logística, João Victor Domingues. 

O presidente da Empresa Gaúcha de Rodovias, Luiz Carlos Bertotto, anunciou que a EGR irá investir R$ 200 milhões ao longo deste ano nas estradas que administra para garantir que as rodovias ofereçam boas condições de segurança. Especificamente em relação ao socorro médico a acidentes nas estradas, Bertotto destacou que a prestação do serviço foi incrementada com a assinatura de convênio com o Corpo de Bombeiros e o Samu. 

“O serviço está sendo ampliado com a licitação para a compra de 31 novos veículos de resgate, e os bombeiros receberão contrapartida mensal em dinheiro, no valor de R$ 884 mil, por sua atuação nas estradas”, anunciou Bertotto. “Também haverá um aporte de R$ 1 milhão por parte da EGR para a compra de equipamentos, como desfibriladores, coletes e macas para o Samu.”

Durante o período de vigência das concessões privadas, todas as praças de pedágio deveriam ter serviço de ambulância. No entanto, das 11 praças localizadas em rodovias estaduais que passaram para a administração da EGR, apenas oito possuíam ambulâncias.

Nos pedágios de São Francisco de Paula, Encantado e Boa Vista do Sul não havia esse tipo de veículo. Nos demais, os existentes eram ambulâncias de resgate, que contavam com motorista-socorrista e atendente. Além disso, os acidentes ocorridos nas rodovias eram atendidos, majoritariamente, pelo Samu 192 e Corpo de Bombeiros. 

Investimentos da EGR 
Bertotto informou que, até o começo da próxima semana, a EGR lançará o edital para a compra de 31 novos veículos de resgate, que serão entregues ao Corpo de Bombeiros da Brigada Militar, todos devidamente equipados para os trabalhos de atendimento das ocorrências.

Além disso, a empresa também irá fornecer o material de consumo e manutenção, com imediata reposição. Os recursos necessários à execução do convênio, no valor de R$ 29.185.976,72, serão oriundos dos orçamentos auferidos pela EGR com a arrecadação das tarifas dos pedágios nas rodovias estaduais que a empresa administra. 

O serviço de resgate a vítimas será feito pelo Corpo de Bombeiros a partir dos seguintes 28 postos, para os quais serão distribuídos os veículos novos: Lajeado, Estrela, Bento Gonçalves, Encantado, Santa Cruz do Sul, Venâncio Aires, Santa Maria, Cachoeira do Sul, Restinga Sêca, Caxias do Sul, Flores da Cunha, São Marcos, Passo Fundo, Getúlio Vargas, Erechim, Montenegro, Portão, São Leopoldo, Novo Hamburgo, Campo Bom, Sapiranga, Parobé, Taquara, Santo Antônio da Patrulha, Viamão, Cidreira, Gramado e Canela. 

Saúde 
Segundo a secretária da Saúde, Sandra Fagundes, o número de municípios com bases do Samu passou de 85 (em dezembro de 2010) para 160 (em janeiro de 2014), com uma cobertura em mais de 260 municípios. Nesse período, mais de dois milhões de gaúchos que não eram assistidos passaram a contar com o serviço de urgência e emergência a partir da ligação telefônica ao 192. 

“O Samu tem credibilidade e garantia de custeio aos municípios”, afirmou a secretária da Saúde. “Além disso, o tempo de socorro foi modernizado com o serviço de disparo automático inteligente, que aciona a ambulância mais próxima do acidente. Estamos dentro do chamado padrão Fifa.” 

Para estimular os municípios a implantar e qualificar o serviço, a Secretaria da Saúde aumentou os recursos repassados mensalmente em mais de 67% para as unidades de suporte básico – de R$ 6,1 mil em 2010 para R$ 10,2 mil atualmente -, e em mais de 400% nas unidades de suporte avançado – de R$ 17,7 mil em 2010 para até R$ 90 mil hoje. Com a ampliação dos recursos e das bases, o valor investido pelo Governo do Estado no Samu 192 passou de R$ 11,8 milhões, em 2010, para R$ 62 milhões, em 2013. 

Além disso, a Central Estadual de Regulação do Samu ganhou uma reformulação estrutural e tecnológica. A SES adquiriu novos equipamentos, incluindo recursos tecnológicos inéditos no país, como o sistema informatizado com disparo inteligente de ambulâncias, que vai diminuir ainda mais o tempo de chegada às ocorrências. 

“O Governo do Estado está fazendo um esforço para tranquilizar a população, que precisar estar informada a respeito do funcionamento do serviço que está sendo prestado”, observou o secretário do Planejamento, João Mota. “Quem precisar de socorro médico nas estradas do Rio Grande do Sul, pode ligar para o Samu 192, para os Bombeiros, 193, para Polícia Rodoviária Estadual, 198, e Polícia Rodoviária Federal 191”.

O  comandante-geral da Brigada Militar, coronel Fábio Duarte Fernandes, destacou que, com o convênio firmado com a EGR, “o serviço de atendimento que já era feito pelo Corpo de Bombeiros e a fiscalização exercida pela Brigada Militar estão sendo qualificados”.  

A coletiva de imprensa foi acompanhada pelo comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Evilton Diaz, pelo comandante Rodoviário da Brigada Militar, coronel Alberto Grillo Moreira, pelo subsecretário do Gabinete dos Prefeitos, Adeli Sell, e por prefeitos de diversas regiões do Estado que manifestaram seu apoio ao novo modelo adotado pelo governo. 

Telefones úteis 

192 – Samu 

193 – Corpo de Bombeiros 

198 – Polícia Rodoviária Estadual 

191 – Polícia Rodoviária Federal


  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • clarão—970×90
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • globalway (1)
  • TEXEIRA GÁS ultragaz